Academy

Conheça Renata Faber, head de ESG da EXAME Invest Pro

PUBLICADO EM: 15.4.21 | 10H59
ATUALIZAÇÃO: 15.4.21 | 11H01
Formada pela FGV, Faber foi eleita anualmente, por mais de uma década, como uma das melhores analistas da América Latina pelo ranking da Institutional Investor
Renata Faber - exame-research-esg

(Leandro Fonseca)

Imagem da Editoria Exame Invest
Juliano Passaro

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Renata Faber, head de ESG da EXAME Invest Pro, possui 20 anos de experiência no mercado financeiro. Antes de compor o time especializado em análises do mercado financeiro para investidores, ela foi reconhecida anualmente, de 2005 a 2017, como uma das melhores analistas da América Latina pelo ranking da Institutional Investor.

Faber é formada em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Pelo tempo de trabalho na área e passagens por grandes empresas, ela se destaca por ter uma ampla rede de contatos no mercado de capitais da América Latina e um bom relacionamento com investidores na América do Norte, Europa, Ásia e América do Sul. Também possui fortes conhecimentos em técnicas de avaliação, análise setorial e tomada de decisões de investimentos.

As empresas precisam fazer a diferença no mundo, e aí podem estar as melhores oportunidades. Veja como com a EXAME Invest Pro

Paixão por ESG

 

Faber conta que percebeu o gosto pelo mundo das finanças ainda durante o curso superior, na FGV. "Resolvi durante a faculdade trabalhar com mercado financeiro e fui para a área de equity research, que me permitia, não só trabalhar com finanças, mas também aprender sobre as empresas", diz.

Segundo a head de ESG da EXAME, aprender detalhes sobre as companhias, como o estilo de governança e os processos de produção sempre foi algo que a agradou. "Gosto de conversar com a gestão, visitar as empresas, saber mais sobre o relacionamento com o cliente, a cultura da companhia, os valores”, afirma.

“Acredito que por apreciar muito esse trabalho que nasceu em mim o interesse por ESG", explica Faber. “A área juntou tudo que eu gostava: conhecer as empresas, suas culturas, entender sobre como elas se relacionam com acionistas, funcionários, clientes, sociedade, fornecedores, estudar inovação e mapear riscos. A minha migração foi um movimento natural", acrescenta.

ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança) consiste em uma série de parâmetros relacionados aos quesitos sociais e ambientais usados para a avaliação das companhias. Eles servem de complemento para as análises financeiras e são importantes para mensuração de riscos.

Renata Faber destaca também que o ESG chegou para completar o valuation (processo que estima o valor de uma empresa). “ESG é sobre isso: entender o relacionamento com os stakeholders, pensar nos riscos ambientais e sociais que a empresa corre, e como funciona a governança dela”, explica. "Está cada vez mais claro que empresas com boas práticas ESG têm melhor performance no mercado financeiro”, finaliza.

Imagem da Editoria Exame Invest
Juliano Passaro

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame