Exame Invest
ESG

Capitalista de risco tem US$ 800 milhões para startups climáticas

PUBLICADO EM: 13.8.21 | 8H24
O capitalista de risco Chris Sacca quer que suas startups reduzam ou removam emissões idealmente na escala de bilhões de toneladas a cada ano

Sacca ganhou fama com apostas pioneiras em empresas como Twitter, Instagram, Uber, Stripe e Kickstarter (Bloomberg)

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O capitalista de risco Chris Sacca lançou quatro fundos de tecnologia climática no valor de cerca de US$ 800 milhões por meio de sua nova empresa, a Lowercarbon Capital.

“A ideia de que uma quantia relativamente pequena pode ser uma grande alavanca para enfrentar esta crise - adoro isso”, disse.

Sacca ganhou fama e muito dinheiro com apostas pioneiras em empresas como Twitter, Instagram, Uber, Stripe e Kickstarter. Mas, em uma decisão surpreendente em 2017, aos 42 anos, Sacca se afastou dos tradicionais investimentos de risco.

Embora tenha parado de fechar novos negócios em sua empresa, a Lowercase Capital, começou a investir seu próprio dinheiro em organizações filantrópicas climáticas e startups menos de um ano após sua aposentadoria, juntamente com a esposa Crystal English Sacca, e o sócio na Lowercase, Clay Dumas.

A esposa e a parceira da Lowercarbon Capital Crystal Sacca (Lawrence Sumulong/Getty Images)

Sua tese teve como foco “financiar os não financiados”, disse. “Qual é o problema quando o 'business case' ainda não existe, mas, com relativamente poucos dólares, pode haver uma oportunidade de alavancagem superalta?”

O histórico dos investimentos em tecnologia climática é irregular. Entre 2006 e 2011, capitalistas de risco perderam metade dos US$ 25 bilhões investidos em empresas de energia limpa. Mas, em 2018, quando Sacca estava começando a fazer seus primeiros investimentos, empresas como a Breakthrough Energy Ventures, de Bill Gates, entraram no jogo com um fundo de US$ 1 bilhão para investir no setor. Os fundos de capital de risco que fluem para startups de tecnologia climática cresceram 40 vezes entre 2013 e 2019, de US$ 400 milhões para US$ 16 bilhões, segundo relatório da PwC de 2020.

Como outras firmas de capital de risco de tecnologia climática, Sacca quer que suas startups reduzam ou removam emissões idealmente na escala de bilhões de toneladas a cada ano. Muitos dos 50 investimentos da Lowercarbon até agora - nem todos ainda com capital aberto - foram para startups que removem dióxido de carbono do ar usando uma variedade de tecnologias.

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame