Exame Invest
ESG

Depois dos canudos, as bandejas: o novo compromisso ambiental do McDonald's contra o plástico

PUBLICADO EM: 29.1.21 | 17H56
Restaurantes no Brasil terão o item substituído por um novo material mais amigável à natureza
Bandeja sustentável McDonald's

Bandejas sustentáveis são nova aposta do McDonald's contra o plástico (Fernando Ctenas)

Imagem da Editoria Exame Invest
Maria Clara Dias

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

O que começou com um adeus aos canudos de plástico ganhou uma novo capítulo nas ações sustentáveis do McDonald's. A Arcos Dorados, franquia responsável pelos restaurantes da rede na América Latina e no Caribe, anunciou planos para substituir todas as bandejas de plástico usadas nos restaurantes do Brasil por um material mais sustentável.

As melhores oportunidades podem estar nas empresas que fazem a diferença no mundo. Veja como com a EXAME Research 

A troca vai acontecer com a ajuda de uma matéria-prima reutilizável patenteada pela UBQ, empresa israelense especialista na conversão de resíduos domiciliares em termoplásticos reutilizáveis. A empresa responsável pela produção do material no Brasil é a Semaza, fabricante paulista de produtos plásticos.

Na primeira fase do projeto, em andamento desde 21 de janeiro, 7.200 bandejas sustentáveis foram distribuídas em 30 restaurantes de 20 capitais brasileiras. Estão incluídas as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Belo Horizonte, Brasília e Goiânia.

A marca estima que, desde que começaram a ser distribuídas, as bandejas sustentáveis já evitaram o descarte inapropriado de 1,2 tonelada de resíduos. Atualmente, cerca de 11 mil novas unidades estão em produção para atender as unidades de todo o país.

Ainda não há uma previsão para que todos os restaurantes da franquia sejam 100% sustentáveis. A  ideia é que, a partir de agora, toda a reposição das bandejas seja atendida pelo novo material da UBQ, à medida que as bandejas em uso vão sendo descartadas. As unidades adicionais em produção na fábrica da Semaza em Santana do Parnaíba pretendem acelerar esse processo.

De acordo com a empresa, as novas bandejas representam o primeiro passo da parceria entre a Arcos Dorados e a UBQ - uma jornada que prevê também novos itens fabricados a partir da matéria-prima patenteada no longo prazo, como por exemplo as cadeiras. “A parceria com a UBQ é mais um passo para trazer cada vez mais soluções inovadoras para melhorar o mundo em nossa volta e estamos orgulhosos em dar esse primeiro passo, apoiando uma tecnologia que irá mudar a forma como a sociedade recicla seu lixo orgânico”, afirma Gabriel Serber, diretor de desenvolvimento sustentável e impacto social da Arcos Dorados.

Compromisso sustentável

O compromisso sustentável do McDonald 's é de longa data, e a redução no uso de plásticos é parte disso. Na lista, entram os itens de papel, hambúrgueres vegetais e até mesmo o fato de não entregarem mais canudos proativamente nos restaurantes. Desde 2018, quando o programa de redução começou, cerca de 1.300 toneladas de plástico de uso único foram retiradas de circulação.  Só a ação dos canudinhos já evitou o descarte de 200 toneladas de plástico, segundo a empresa.

Outra aposta do McDonald 's para uma postura ambientalista está na cadeia de suprimentos e fornecedores. A empresa investe em monitoramento e bem-estar animal para tornar a pecuária mais sustentável e se compromete a oferecer 100% da carne da rede brasileira vinda de produtores sem ligação com o desmatamento. As mesmas “fontes sustentáveis” devem ser seguidas para o café e peixes servidos nos restaurantes.

Para fortalecer o fornecimento sustentável, a empresa auxilia projetos como o da Agrotools, startup de monitoramento e inteligência no campo, que irá doar 1 milhão de reais em tecnologia para produtores da região amazônica.

“Somos uma companhia totalmente comprometida com o meio ambiente e estamos fazendo tudo o que é possível para reduzir o impacto de nossa operação, dentro de nossa plataforma Receita do Futuro”, diz Serber.

Com as bandejas da UBQ, o McDonald's também mira um futuro com menos carbono. Segundo a empresa, a reciclagem de uma tonelada do novo material equivale a 15 toneladas de carbono que deixam de ser emitidas na atmosfera. Globalmente, a meta da empresa é reduzir as emissões de seus restaurantes e escritórios em 36% e em 31% em toda sua cadeia de suprimentos até 2030.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Maria Clara Dias

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame