Exame Invest
ESG

Estados Unidos anunciam plano para fomentar energia eólica

PUBLICADO EM: 30.3.21 | 7H56
ATUALIZAÇÃO: 13.4.21 | 15H56
O governo dos Estados Unidos divulgou nesta segunda-feira (29) um plano para instalar parques eólicos no mar para fornecer energia a mais de 10 milhões de residências até 2030
Parque eólico no Reino Unido em alto-mar

O governo dos Estados Unidos divulgou nesta segunda-feira (29) um plano para instalar parques eólicos no mar para fornecer energia a mais de 10 milhões de residências até 2030

Imagem da Editoria Exame Invest
AFP



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O governo dos Estados Unidos divulgou nesta segunda-feira (29) um plano para instalar parques eólicos no mar para fornecer energia a mais de 10 milhões de residências até 2030 e, assim, contribuir para os esforços contra a mudança climática

Quer entender como as práticas ambientais, sociais e de governança trazem maior competitividade às companhias? Clique aqui

O plano tem como objetivo produzir 30 gigawatts de energia eólica no país até esse ano, informou a Casa Branca.

A meta exigirá investimentos estimados em mais de US$ 12 bilhões por ano ao longo das costas do Atlântico e do Pacífico e deve criar milhares de empregos, anunciou o governo de Joe Biden.

O plano permitirá eliminar a emissão de 78 milhões de toneladas de dióxido de carbono, segundo a Casa Branca.

O governo está considerando escolher áreas ao longo das costas de Nova York e Nova Jersey. Os lotes a serem comercializados serão ofertados no final deste ano e início do próximo.

Atualmente, os Estados Unidos têm apenas um único parque eólico marítimo. Fica em frente a Rhode Island e consegue produzir 30 megawatts.

O plano do governo Biden contrasta fortemente com o do ex-presidente Donald Trump, que ridicularizou de forma repetitiva as energias renováveis como sendo caras e ineficientes.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Imagem da Editoria Exame Invest
AFP


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame