Exame Invest
Conhecendo fundos de investimento
SALVE O SEU PROGRESSO

Quais são os tipos de fundos de investimentos?

Um fundo de investimento é uma aplicação financeira que agrega recursos financeiros de várias pessoas para investir o capital em diversos ativos, como ações, juros, moedas, títulos públicos ou até cotas de outros fundos de investimento, a fim de gerar rentabilidade para seus investidores.

Os fundos de investimento podem ser divididos de acordo com as classes de ativos em que alocam seus recursos. Nesse caso, existem quatro tipos principais de fundos:

  • Fundo de renda fixa
  • Fundo de ações 
  • Fundo cambial
  • Fundo multimercados.

Fundo de renda fixa

Os fundos de renda fixa precisam aplicar, pelo menos, 80% do seu patrimônio em investimentos de renda fixa, como títulos do Tesouro Direto e títulos privados, como CDBs.

Fundo de ações

Para ser classificado como um fundo de ações, esse tipo e fundo de investimento deve investir, pelo menos, 67% do seu patrimônio em ações. 

Fundo cambial

Os fundos cambiais, aplicam mais de 80% do seu patrimônio em ativos relacionados a  moedas estrangeiras, como dólar e euro. 

Fundo multimercados

Um fundo multimercado tem uma política de investimento que envolve diversos fatores e riscos e permite aplicação em ativos de diferentes classes, como renda fixa e renda variável.

Outros tipos de fundos de investimentos

Além desses quatro tipos, existem outros tipos de fundos com objetivos e regras específicas, como os fundos de previdência, que recolhem recursos de investidores com planos de previdência do tipo PGBL ou VGBL. 

Há ainda os fundos imobiliários, que aplicam em empreendimentos imobiliários, comprando construções como shopping centers, galpões logísticos e lajes corporativas ou investindo em ativos atrelados a esse mercado, como CRI e LCI. 

Existe também o fundo de curto prazo, que pode aplicar em títulos de renda fixa privada ou pública, com prazo máximo de 375 dias, os fundos de dívida externa, que devem investir 80% do seu patrimônio em título de dívida externa da União, e o fundos referenciados, que deve ter 95% de ativos atrelados a um benchmark de referência. 

Chamada para acessar a Exame Academy
Mosaico do rodapé com as cores da Exame