Exame Invest
Quais as alternativas?
SALVE O SEU PROGRESSO

Selic baixa: opções na renda fixa que ainda fazem sentido

A renda fixa é diretamente impactada pela evolução da taxa Selic, uma vez que o rendimento de grande parte dos ativos dessa classe está atrelado à própria Selic ou ao CDI, que acompanha a taxa básica de juros. Mas isso não significa que, com a Selic baixa, não existam boas opções de investimento na renda fixa.

Fundo de emergência

O fundo de emergência, por exemplo, deve ser investido em renda fixa com alta segurança e liquidez. 

Por isso, o Tesouro Selic sempre foi uma das principais opções para esse tipo de investimento. Outras opções incluem Fundos de Investimento DI, com liquidez de D+1, CDB que renda ao menos 100% do CDI com liquidez diária. 

A queda da Selic não muda a forma como a reserva de emergência deve ser investida, mas abre espaço para outros investimentos mesmo para aqueles que preferem investir apenas em renda fixa.

Diversificação de carteira

A renda fixa é uma classe composta por diversos tipos de ativos, com características e vantagens diferentes. 

Investimentos com menor liquidez, por exemplo, podem oferecer uma rentabilidade maior. O mesmo vale para investimentos de prazo mais longo. 

Outra alternativa são os investimentos isentos de imposto de renda, como CRIs, CRAs e debêntures incentivadas

Chamada para acessar a Exame Academy
Mosaico do rodapé com as cores da Exame