Exame Invest
Minhas Finanças

6 dicas para evitar o descontrole das finanças na reabertura da economia

PUBLICADO EM: 7.7.21 | 14H24
ATUALIZAÇÃO: 8.7.21 | 20H03
Avanço da vacinação e queda do número de casos de Covid abrem caminho para a retomada da vida social, o que, por sua vez, pode levar muitas pessoas a contraírem dívidas; veja como evitá-las

Gastar demais com o reencontro com amigos e familiares pode levar a dores de cabeça com as contas nos próximos meses | Foto: Divulgação

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A reabertura da economia com o avanço da vacinação contra a Covid-19 faz a vida social parecer mais próxima como nunca desde o começo da pandemia, há mais de um ano. Reencontros com amigos e familiares, saídas para bares e restaurantes, compras em shoppings e até viagens voltam a fazer parte dos planos dos brasileiros.

Em um momento como esse, depois de tanto tempo de espera, é muito fácil criar despesas que parecem uma verdadeira necessidade. E aí é que mora o perigo no controle (ou descontrole) orçamento de cada pessoa. Quando menos se espera, uma pessoa pode ter contraído dívidas que comprometem suas contas por vários meses.

Especialistas em finanças pessoais apresentam 6 dicas para quem quer evitar cair em dívidas neste momento:

  1. Limite o número de saídas semanais ou mensais para bares e restaurantes
  2. Reveja os gastos fixos mensais da pandemia: talvez seja a hora de cortar um serviço de streaming que você assinou quando passava o dia inteiro em casa ou a assinatura premium do app de entregas de refeição
  3. Avalie novamente o guarda-roupa e o que vai ser necessário antes de sair comprando nas liquidações de inverno
  4. Supermercados: crie uma regra para só comprar novos alimentos que não são considerados de primeira necessidade (vinhos, queijos etc.) quando o que já estiver em casa for consumido
  5.  Viagens: as agências ainda estão cheias de promoção, mas as passagens em companhias aéreas estão mais caras do que antes da pandemia para compras em cima da hora. Programe-se e pesquise com muita antecedência
  6. Mantenha o controle dos gastos com cartão de crédito, especialmente com compras parceladas.

A pandemia ainda está longe de ser superada, segundo autoridades em saúde pública, mas momentos únicos como o que estamos vivendo, de período prolongado de privações de eventos sociais e de consumo, acabam sendo uma ameaça para o gasto muito além do que aquele ao qual estamos acostumados. É hora, portanto, de redobrar as atenções com o orçamento mensal, aconselham os mesmos especialistas em finanças pessoais.

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame