MERCADOS

Aço tem máxima de 10 anos na China com possível corte de oferta; minério de ferro sobe

PUBLICADO EM: 3.3.21 | 8H36
O plano da China de adotar mais medidas de proteção ao ambiente geraram preocupações sobre possíveis cortes de produção
Fábrica de aço na China

(VCG via Getty Images)

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Os futuros do aço na China chegaram a saltar mais de 5% nesta quarta-feira, para o maior nível em uma década, à medida que o plano do país de adotar mais medidas de proteção ao ambiente geraram preocupações sobre possíveis cortes de produção, enquanto o minério de ferro também subiu.

Conheça o maior banco de investimentos da América Latina e invista com os melhores assessores

Além de um pedido do ministério da indústria por cortes na produção siderúrgica neste ano, alertas de forte poluição na província de Hebei e a chegada de um encontro anual do parlamento também devem afetar a produção no curto prazo, disse a SinoSteel Futures em nota.

O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de futuros de Xangai, para entrega em maio, fechou em alta de 3,9%, a 4.842 iuanes (749,11 dólares) por tonelada. Ele chegou a saltar até 5,6% mais cedo na sessão, para o maior nível desde agosto de 2011.

O volume negociado do produto usado em construção ficou em 196,8 mil toneladas na terça-feira, o maior volume diário transacionado desde 4 de janeiro, segundo a consultoria Mysteel.

Os futuros do minério de ferro na bolsa de Dalian também avançaram, com alta de 1,8%, para 1.154 iuanes por tonelada.

 

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame