Exame Invest
Mercados

Ações de educação sobem após prévia de resultado do 3º tri

PUBLICADO EM: 7.10.21 | 12H59
ATUALIZAÇÃO: 7.10.21 | 16H52
Ser Educacional apresenta crescimento em matrículas para graduação presencial e menor taxa de evasão, com avanço de vacinas e menor efeito da pandemia

Faculdade: Ser apresenta crescimento de matrículas para ensino presencial

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A temporada de resultados do terceiro trimestre terá início apenas no fim deste mês. Mas as prévias operacionais já estão fazendo preço na bolsa. Nesta quinta-feira, 7, as ações do setor de educação figuram entre as maiores altas, após a Ser Educacional (SEER3) apresentar recuperação do ensino presencial. As ações da companhia sobem 5% neste pregão, enquanto Yduqs (YDUQ3), Cogna (CONG3) e Cruzeiro do Sul (CSED3) tem respectivas altas de 5,5% , 2,5% e 3,25%.

Nesta manhã, a Ser informou que teve captação recorde de 53.100 alunos no terceiro trimestre, 29,4% superior ao registrado no mesmo período do ano passado.  Na frente de ensino com interação presencial, o crescimento foi de 31,9% na comparação anual. Já a parte EAD superou 100.000 alunos em sua base, 102,7% a mais do que no terceiro trimestre de 2020.

Entre os motivos atribuídos pela Ser para a melhora operacional esteve "o avanço da vacinação contra a Covid-19, que possibilitou a retomada gradual das atividades presenciais por parte dos governos estaduais" e a "normalização do calendário de matrículas para alunos do PROUNI e FIES" - fatores que devem beneficiar os resultados de todo o setor para o 3º trimestre.

Outro sinal positivo veio da taxa de evasão, que voltou aos níveis pré-pandemia no ensino presencial, caindo de 17% para 12,5%. Segundo a Ser, a "a melhoria das taxas de evasão é decorrente do arrefecimento dos efeitos da pandemia e seus impactos no cotidiano dos alunos". A empresa, no entanto, também atribui a melhora à "implantação do plano de pagamento de mensalidades via cartão de crédito e novas funcionalidades para controle de presença online de alunos e rematrícula"

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame