Exame Invest
Mercados

Ambev revela efeitos da ausência do Carnaval e BTG faz alerta

PUBLICADO EM: 25.2.21 | 13H53
Maior cervejaria do país pode enfrentar efeitos decorrentes da redução da renda do brasileiro disponível neste ano

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

O Carnaval é tradicionalmente uma das melhores datas para as vendas de cerveja no Brasil. Com o adiamento da festa -- e dos blocos pré-carnavais nos fins de semana que antecedem o feriado -- por causa da pandemia do novo coronavírus, seria de se esperar um forte impacto negativo nas vendas das cervejarias, certo? Em termos.

Ao divulgar o resultado do quarto trimestre na manhã desta quinta-feira, 25, a Ambev (ABEV3) também antecipou alguns números operacionais neste início de 2021. E revelou um crescimento nas vendas na casa de dois dígitos no início de ano na comparação com o mesmo período de 2020.

Segundo analistas do BTG Pactual, a alta provavelmente se deveu a efeitos de ganho de participação de mercado trazidos do fim de 2020 e à própria base de comparação.

Os analistas do banco reconhecem a força do resultado das vendas neste início de ano, mas ressalvam: "nós acreditamos que essas tendências irão enfraquecer uma vez que o volume da indústria (de bebidas) e parte do ganho de market share vão retroceder em meio à menor renda disponível (para consumo ou poupança) no ano."

"(Com a ação) negociada com prêmio em relação ao histórico e a seus pares, e sem espaço claro para melhoras nos lucros, além de pressões sobre o ROIC (retorno sobre o capital investido), reiteramos nossa recomendação Neutra", concluem.

As ações da Ambev recuavam perto de 1,50% no início da tarde no pregão da B3.

 

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame