Anuidade de cartões de crédito vai de zero a mais de R$ 1 mil. Veja lista | Exame Invest
Exame Invest
Invest

Anuidade de cartões de crédito vai de zero a mais de R$ 1 mil. Veja lista

PUBLICADO EM: 13.2.21 | 8H00
ATUALIZAÇÃO: 19.2.21 | 11H20
Dados levantados com base no open banking mostram que, de cada 100 cartões, 48 não cobram anuidade; saiba como negociar para obter a isenção
Cartões de crédito

(Getty Images/iStockphoto)

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 4MIN

Enquanto apenas 5% dos cartões de crédito oferecidos por grandes bancos têm anuidade zero, 12% oferecem anuidade máxima que supera 1.000 reais. É o que revela um levantamento do Guiabolso com 225 cartões de crédito de 9 instituições financeiras com base em dados do open banking, divulgado com exclusividade pela EXAME Invest.

Um em cada dez cartões (9%) tem anuidade máxima de 100 reais. Mas a grande concentração de valor está em cartões com anuidade máxima de 101 reais a 1 mil reais, que correspondem a 74% dos plásticos analisados.

Que tal viajar mais no mundo pós-pandemia? Conheça o curso de liberdade financeira da EXAME Academy

A pesquisa inclui apenas as instituições financeiras que são obrigadas a participar da primeira fase do open banking, iniciada em 1º de fevereiro: Santander, Itaú, Bradesco, Banco do Brasil, Next, Safra, Banrisul, Pan e Bradescard. Ou seja, a amostragem inclui apenas grandes bancos.

Bancos digitais, como Nubank, Inter, C6 Bank e Original, ficam de fora: o único incluído é o Next, do Bradesco. A anuidade apontada pela pesquisa para cada cartão é a máxima que a instituição financeira pode cobrar, e não a média de valor da taxa.

Veja abaixo a tabela com as maiores e menores anuidades oferecidas (ou cobradas) nos cartões de grandes bancos:

Cartões com as menores anuidades

BancoCartãoAnuidade máxima (em reais)
BradescoELO MAIS SOS ATLANTICA0
NextVISA INTERNACIONAL MULTIPLO INCENTIVO NEXT CLASSIC0
SantanderConsignado0
Grupo PanInternacional Zero Anuidade Visa0
Grupo PanInternacional Méliuz Mastercard0
Grupo PanInternacional Dafiti Visa0
Grupo PanBásico Mastercard0
Grupo PanInternacional Zero Anuidade Mastercard0
ITAUMULTIPLO MASTERCARD PLATINUM0
ITAUMULTIPLO VISA INFINITE0
ITAUCLICK PLANO DE VANTAGENS0
ITAUMASTERCARD PLATINUM0
BradescardLEADER (PRIVATE LABEL)4
BanrisulMASTERCARD STANDARD CONSIGNADO35
BanrisulMASTERCARD UNIVERSITARIO44
BanrisulMASTERCARD BASICO51
BanrisulMASTERCARD GOLD CONSIGNADO51
BanrisulVISA GOLD CONSIGNADO54
BanrisulVISA CLASSIC55
BanrisulVISA CLASSIC CONSIGNADO56
BanrisulVISA UNIVERSITARIO58
BanrisulMASTERCARD LIBRE58
BanrisulMASTERCARD STANDARD59
BradescardMAKRO PRIVATE LABEL59

Cartões com as maiores anuidades

BancoCartãoAnuidade máxima (em reais)
BradescoVISA NACIONAL CONVENCIONAL AETERNUM1.620
Banco do Brasil S/ACARTAO ALTUS1.440
BradescoAMEX PLATINUM1.400
SantanderSTYLE PLATINUM MC1.290
SantanderUNIQUE MASTERCARD BL1.290
SantanderUNIQUE VISA INFINITE1.290
SantanderUNLIMITED MC BLACK1.290
SantanderUNLIMITED VISA INFIN1.290
SantanderPLATINUM STYLE VISA1.290
SantanderSTYLE PLATINUM VISA1.290
BradescoELO NANQUIM1.260
SantanderAADVANTAGE MASTERCARD GOLD1.236
SantanderAADVANTAGE MASTERCARD BLACK1.236
SantanderAADVANTAGE MASTERCARD PLATINUM1.236
Grupo J. SafraVisa Infinite1.200
BradescoVISA INFINITE SMILES1.188
SantanderDECOLAR SANTANDER PLATINUM1.150
SantanderDECOLAR SANTANDER INFINITE1.150
Banco do Brasil S/AOUROCARD ELO NANQUIM1.150
SantanderSANTANDER SMILES INFINITE VISA1.134
SantanderSANTANDER SMILES PLATINUM VISA1.134
SantanderSANTANDER SMILES GOLD VISA1.134
BradescoMASTERCARD BLACK1.116

Para ver a lista completa feita pelo GuiaBolso, acesse o site.

Negocie sempre a anuidade

Uma conclusão da pesquisa é que, de cada 100 cartões, 48 não cobram anuidade. Ou seja, em quase a metade dos casos o cliente pode negociar com a instituição financeira para isento da tarifa. E isso pode acontecer tanto no caso de um cartão que cobra anuidade de até 100 reais como no caso dos que têm anuidades maiores.


Recomendado para você

“É sempre importante o cliente entender os pacotes e as condições da instituição financeira porque, em boa parte dos cartões, é possível conseguir isenção. E ele pode negociar na hora de contratar ou se já tiver o cartão", afirma Thiago Alvarez, fundador e CEO do Guiabolso.

"Se o banco não estiver disposto a negociar mesmo com base no longo relacionamento com o cliente, pode valer a pena verificar se o concorrente está oferecendo uma anuidade mais atrativa em um cartão com benefícios semelhantes”, diz.

Geralmente, anuidades mais altas são cobradas em cartões com mais benefícios, como pontuação maior para acumular milhas. Mas isso não é uma regra, diz Alvares.

Portanto, é sempre importante pesquisar. "Obviamente, cartões de crédito com anuidade muito alta só valem a pena para quem tem uma renda alta e gasta muito no cartão de crédito."

Open banking pode gerar taxas mais competitivas

Para o fundador do Guiabolso, que também é diretor da ABCD (Associação Brasileira de Crédito Digital), o levantamento é um exemplo dos benefícios do open banking. "Será muito mais fácil comparar e negociar taxas melhores ou até mesmo a isenção do plástico. Afinal, os dados financeiros pertencem aos clientes, e não aos bancos."

Na visão de Alvares, o open banking tem o potencial de criar mais serviços, melhorar a experiência do usuário do sistema financeiro, fomentar taxas mais competitivas e dar a possibilidade ao consumidor de escolher os produtos de um banco sem ter que abrir contas indesejadas.

 

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

 


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame