Após alta de 265%, Méliuz quer recomprar até 10% das ações em circulação | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

Após alta de 265%, Méliuz quer recomprar até 10% das ações em circulação

PUBLICADO EM: 4.5.21 | 9H57
ATUALIZAÇÃO: 4.5.21 | 10H48
Com expectativa de adquirir até 7,44 milhões de ações, empresa deve gastar 271,6 milhões de reais até novembro de 2022
meliuz ipo startups enjoei

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

A empresa de cashback e cupons de desconto Méliuz (CASH3) anunciou nesta terça-feira, 4, seu programa de recompra de ações, que prevê a aquisição de até 10% dos papéis em livre circulação. Em termos nominais, a empresa espera adquirir até 7.442.125 ações ordinárias até 3 de novembro de 2022.

Desde de sua oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês), realizada em novembro do ano passado, as ações da Méliuz acumulam alta de 265%, sendo negociadas a 36,49 reais. Pelo valor de fechamento do último pregão, a empresa deve gastar até 271,6 milhões de reais em seu programa de recompra.

De acordo com o fato relevante, o programa de recompra de ações tem como objetivo "permitir a entrega de ações aos administradores e demais beneficiários elegíveis ao Plano de Remuneração Baseado em Ações", além de criar "valor através de uma estrutura de capital adequada combinada com o crescimento dos resultados e proventos por ação".


Leia também

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame