ESG

Banco Omni investe R$2,4 mi para criar braço social com foco em educação

PUBLICADO EM: 13.5.21 | 8H00
ATUALIZAÇÃO: 11.5.21 | 19H03
O novo instituto será responsável por ações voltadas à educação, inclusão financeira e empreendedorismo

Grupo Omni anuncia novo instituto para liderar ações de educação e inclusão financeira (Getty Images)

Imagem da Editoria Exame Invest
Maria Clara Dias

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O Omni Banco e Financeira está lançando o Instituto Omni, braço social do grupo responsável por fomentar ações de inclusão financeira e de educação para grupos em vulnerabilidade social. O objetivo é impactar até 5 mil pessoas ao longo do primeiro ano de atuação.

Saiba mais sobre ESG e leve valor para a sua carreira e para o seu negócio com as práticas ambientais, sociais e de governança

O lançamento vem para consolidar ações que já existiam entre clientes e funcionários, segundo Tadeu Silva, presidente da Omni Financeira. “O Instituto vem para alinharmos as ações isoladas que fazíamos e também para unir todas as empresas do Grupo. A ideia é avançar na agenda de maneira estruturada”, diz. Silva ressalta ainda a atuação social da Omni financeira, que já possuía programas sociais educacionais e de inclusão econômica.

Um exemplo é o programa “Probem”, no qual o braço financeiro do grupo selecionou 30 pessoas de regiões periféricas e ofereceu treinamentos em tecnologia, além de cargos dentro do próprio grupo Omni. Outra iniciativa, realizada pelo Centro do Imigrante, localizado na região do Brás, em São Paulo, oferece serviços para imigrantes e refugiados, como emissão de documentos e orientação jurídica. Em tempos de pré-pandemia, a ação atendia cerca de 4 mil pessoas por mês.

Dos 2,4 milhões de reais, 60% partirão de investimentos próprios do grupo, e 40% virão de incentivos fiscais. “Esse é um investimento que fazemos pensando no ponto social, sem esperar nenhum retorno”, diz Silva. Para 2022, o Instituto já estuda o recebimento de investimentos externos, segundo o executivo.

Além de manter os projetos que já existem, o lançamento também vem para criar novas ações, como cursos profissionalizantes em tecnologia para jovens, oficinas de robótica e oficinas de costura com foco em economia circular para empreendedoras, também realizado na região do Brás. “Nossa prioridade máxima é a educação”, diz Guilherme Guz, gerente de responsabilidade social do Grupo Omni. “Acreditamos que a educação é o agente de maior transformação social”.

No momento, o recém-criado Instituto está mapeando, com a ajuda dos 120 correspondentes bancários regionais do Grupo, as localidades mais adequadas para receber cada uma dessas ações.

Parte do compromisso assumido pelo Instituto Omni também se dá na criação de projetos de planejamento financeiro, por meio de oficinas lúdicas para crianças, jogos de negócios para jovens e aplicativos de planejamento financeiro direcionados a caminhoneiros. A ideia é expandir as ações para imigrantes refugiados e também mulheres, com a finalidade de facilitar a gestão financeira doméstica.

Fique por dentro das principais tendências das empresas ESG. Assine a EXAME.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Imagem da Editoria Exame Invest
Maria Clara Dias

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame