Exame Invest
Minhas Finanças

Banco Pan encosta no Nubank e é 2º app de fintech mais baixado

PUBLICADO EM: 15.6.21 | 19H23
ATUALIZAÇÃO: 16.6.21 | 1H13
Número de downloads foi 251% maior em maio na comparação anual; ações subiram mais de 8% nesta terça depois que rating de crédito do banco foi elevado pela Fitch
Banco Pan

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O Banco Pan (BPAN4) cresceu em número de downloads do seu aplicativo no mês de maio, com 2,3 milhões de novos usuários baixando o app do banco no mês. O levantamento feito pelo Bank of America (BofA) e divulgado nesta semana mostra que o Pan encostou no Nubank, que liderou o segmento de fintechs com 2.706 downloads. 

O número de downloads do Pan foi 251% maior na comparação anual. O banco também avançou em usuários ativos mensais, ultrapassando o PicPay entre os bancos digitais e e-wallets e assumindo a quarta posição.

Conheça o maior banco de investimentos da América Latina. Abra sua conta no BTG Pactual digital

Atualmente o Pan conta com 11,1 milhões de usuários ativos mensais, contra 10 milhões do PicPay. Mesmo com o crescimento, o Pan ainda está atrás dos três maiores bancos digitais do país: Nubank (31 milhões), PagBank, que pertence ao PagSeguro (22,7 milhões), e Mercado Pago (15 milhões). 

O momento é positivo para as fintechs, que juntas registraram 20 milhões de novos downloads em maio, no quarto mês de avanço consecutivo, enquanto os bancos tradicionais ficam para trás.

As instituições tradicionais foram impactadas pela concorrência com o app Caixa Tem, utilizado pelos brasileiros para sacar o auxílio emergencial. Banco do Brasil (BBAS3), Bradesco (BBDC4) e Itaú Unibanco (ITUB4) tiveram menos downloads do que há um ano, enquanto o Santander (SANB11) conseguiu avançar 21% na comparação anual.

Fitch eleva rating do Banco Pan

O momento é favorável para o Banco Pan, que pertence ao BTG Pactual (BPAC11). As ações avançaram 8,15% nesta terça-feira, 15, com investidores repercutindo a decisão da agência de classificação de risco Fitch de elevar o rating do banco em escala nacional de “A+(bra)” para “AA(bra)”, com perspectiva estável.

Em relatório divulgado após o fechamento do mercado na segunda-feira, a Fitch destacou que a elevação é resultado da aquisição integral do controle do Pan pelo BTG, algo que era dividido com a Caixa.

A expectativa é que o controlador dê suporte financeiro e de tecnologia ao Pan em caso de necessidade. A participação atual do BTG (do mesmo grupo controlador da EXAME) no Pan é de 71,7% do capital total e 100% do capital votante. 

Já os ratings em escala global, os IDRs, ficaram em “BB-”, com perspectiva negativa. A classificação reflete o risco do Brasil, uma vez que os ratings de instituições financeiras estão associados ao risco soberano.

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame