Exame Invest
Mercados

Bradespar dispara 5% com distribuição de R$ 5,3 bi em ações da Vale

PUBLICADO EM: 15.9.21 | 12H12
ATUALIZAÇÃO: 15.9.21 | 17H47
Holding convocou assembleia para reduzir seu capital com a entrega das ações da mineradora a acionistas
Vale

Bradespar pretende reduzir seu capital por meio da distribuição de ações da Vale | Foto: Ricardo Teles/Divulgação (Ricardo Teles)

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

As ações da Bradespar (BRAP4) foram um dos grandes destaques do Ibovespa nesta quarta-feira, 15, subindo 5,23% e chegando a disparar mais de acima de 7% na máxima do dia.

A explicação para a forte alta está em um fato relevante divulgado pela Bradespar na noite de ontem. Com grande participação na Vale (VALE3), a holding do Bradesco anunciou de que pretende entregar 5,26 bilhões de reais em ações da mineradora a seus acionistas. A Bradespar convocou assembleia para reduzir seu capital de 5,76 bilhões para 500 milhões de reais -- o que seria feito por meio da entrega das ações da Vale.

Para analistas, a transação é uma surpresa positiva e deve ajudar a desbloquear valor para a Bradespar e reduzir o desconto para o seu valor patrimonial líquido (NAV, na sigla em inglês). 

Em relatório, o Credit Suisse mantém rating de outperform para as ações da Bradespar, por enxergar a companhia como “um veículo desalavancado e com desconto para aumentar a exposição à Vale, seu único investimento”. Isso deve permitir que a Bradespar repasse todos os dividendos recebidos da Vale, de acordo com os analistas.

A Guide também enxerga o anúncio com bons olhos. “É um movimento positivo. Além disso, vemos como provável a dissolução da Bradespar, que tem um desconto de 20% em relação à Vale. Ela deve entregar todas as ações da mineradora aos acionistas, podendo fechar o gap de desconto”, afirma Luis Sales, da Guide Investimentos, em relatório.

Os analistas do BTG Pactual, por outro lado, não acreditam na dissolução total da holding. “O anúncio de hoje foi definitivamente o catalisador que os investidores esperavam nos últimos anos. No entanto, gostaríamos também de salientar que a holding ainda não deverá ser dissolvida, portanto, não devemos ver o desconto se aproximando de 0-10% em breve”, ressaltam em relatório.

A assembleia da Bradespar será realizada no dia 15 de setembro. Já a quantidade de ações da Vale a ser entregue aos acionistas será calculada após a divulgação das respectivas demonstrações financeiras da Vale e Bradespar, em 30 de setembro.

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame