Exame Invest
ESG

BTG recebe prêmio por investimentos de impacto na América Latina

PUBLICADO EM: 10.9.21 | 13H06
Na semana em que lançou sua primeira carteira ESG, o banco de investimentos vence a categoria de melhor iniciativa de impacto do Impact Awards

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O banco BTG Pactual, do mesmo grupo que controla a EXAME, venceu o prêmio IMPACT Awards, concedido pela Environmental Finance, serviços de notícias focado em investimentos sustentáveis. A instituição se destacou na categoria de melhor iniciativa de impacto na América Latina e Caribe.

"Este é um reconhecimento importante do nosso trabalho, mostra que estamos no caminho certo no desenvolvimento de produtos e negócios que gerem retorno ao investidor, levando em conta seu impacto e as melhores práticas ESG”, afirma Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual.

O banco criou uma área de investimentos de impacto e sustentáveis em 2020. Desde então, vem estruturando oportunidades que gerem retorno financeiro ao investidor e impacto socioambiental positivo para a sociedade.

Ainda no ano passado, o BTG tornou a primeira instituição financeira brasileira a participar do Global Impact Investing Network (GIIN), organização dedicada a aumentar a escala e a eficácia dos investimentos de impacto. Neste ano, se tornou o primeiro banco da América Latina a fazer parte do Sustainable Bond Network da Nasdaq (SBNS), banco de dados da bolsa americana que reúne as informações sobre as principais emissões de bonds sustentáveis no mundo.

BTG Pactual lança sua primeira carteira ESG

O time de analistas do BTG Pactual, do mesmo grupo que controla a EXAME, lançou nesta semana sua primeira carteira recomendada ESG. O banco reconhece que o tema ESG está ficando cada vez mais importante para investidores e, para ajudar seus clientes em seu processo de investimento, publicará mensalmente uma carteira recomendada, com dez ações. Em relatório enviado ontem a clientes do banco (e disponível no BTG digital), os analistas explicam o racional por trás da escolha de cada um dos nomes que compõem a carteira.

Para chegar ao nome das dez empresas, o time de analistas primeiramente definiu oito temas importantes no universo ESG. Depois disso, identificou quais empresas estão endereçando esses temas ou possuem modelos de negócios que se beneficiam dessas questões. O próximo passo foi identificar quais dessas empresas têm boas práticas ESG e, dentro desse grupo, escolher as dez empresas que os analistas da casa recomendam comprar e acreditam que tenham boas perspectivas nos próximos meses.

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame