Exame Invest
BTG Insights

BTG faz duas trocas em carteira de ações para agosto, de olho em balanços

PUBLICADO EM: 2.8.21 | 11H56
ATUALIZAÇÃO: 6.8.21 | 10H34
Para abrir espaço para as adições, os analistas do banco excluíram os papéis do Bradesco e CCR no portfólio para o mês
Maquininha da PagSeguro: empresa de meios de pagamento entra na lista de ações de emergentes do UBS

(Leandro Fonseca)

Foto de Paula Barra da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Especializada na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub | paula.barra@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Embora as preocupações fiscais tenham aumentado recentemente, em meio aos planos do governo em aumentar os programas sociais, o BTG Pactual (BPAC11) espera que a recuperação econômica continue como o fator dominante para impulsionar os mercados nos próximos meses. Diante de tal leitura, o banco manteve suas apostas em ativos que ganham com a retomada na sua carteira de 10 ações para agosto e fez apenas duas mudanças táticas, de olho na temporada de balanços.

Aumente seus rendimentos com ajuda dos especialistas do maior banco de investimentos da América Latina. Abra sua conta no BTG Pactual digital.

Foram incluídas as ações da Equatorial (EQTL3), na expectativa de que a empresa apresente resultados "muito fortes" no segundo trimestre e que continue a buscar por novas oportunidades de fusões e aquisições; e os Brazilian Depositary Receipts (BDRs) da PagSeguro (PAGS34), também à espera de números trimestrais robustos e após desempenho recente inferior aos pares no mercado.

"Vemos PagSeguro negociando com um valuation atraente, especialmente se levarmos em consideração as perspectivas do PagBank", comentaram os analistas Carlos Sequeira, Osni Carfi, Bruno Lima e Luiz Temporini, que assinam o relatório do banco.

Sobre Equatorial, eles apontaram ainda que as ações da companhia combinam operações sólidas com robustas perspectivas de crescimento, enquanto são negociadas com uma Taxa Interna de Retorno (TIR) real atraente de 9,3%.

Para abrir espaço para as adições das duas empresas, foram retirados do portfólio os papéis do Bradesco (BBDC4) e CCR (CCRO3).

Os analistas comentaram que planos do governo para expandir os programas sociais e um espaço fiscal menor do que o esperado em 2022 têm preocupado os investidores, uma vez que poderiam ter como consequência a retirada do programa de teto dos gastos por meio de uma emenda constitucional. No entanto, eles apontaram que não há qualquer indicação clara neste sentido, mas que isso não deixa de ser um ponto de atenção.

Ainda assim, no geral, eles acreditam que as perspectivas melhoraram, diante de uma recuperação econômica mais rápida do que o esperado. Além disso, o ritmo de vacinação melhorou, o que aumenta as chances de o país superar a pandemia nos próximos meses, pontuaram.

Quer saber mais da Carteira de Ações do BTG Pactual digital? Veja como acessar o relatório:

Foto de Paula Barra da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Especializada na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub | paula.barra@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame