MERCADOS

BTG Pactual levanta R$ 2,57 bi em follow-on

PUBLICADO EM: 22.1.21 | 14H31
ATUALIZAÇÃO: 22.1.21 | 14H53
O banco pretende utilizar os recursos para acelerar iniciativas estratégicas e o crescimento da área de negócios de varejo digital

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

O banco BTG Pactual, do mesmo grupo controlador da EXAME, precificou sua oferta primária subsequente (follow-on) de units a 92,52 reais cada uma, levantando 2,57 bilhões de reais, de acordo com fato relevante publicado na noite de quinta-feira, 21.

Aprenda a cuidar melhor de seu dinheiro, sem complicações. Conte com a assessoria especializada do BTG Pactual digital

O valor na oferta teve um desconto marginal de 0,3% em relação ao preço de fechamento da unit na véspera, de 92,82 reais.

O banco pretende utilizar os recursos para acelerar iniciativas estratégicas e o crescimento da área de negócios de varejo digital, bem como manter fortes indicadores de capital e liquidez, entre outros.

A empresa, a propósito, anunciou nesta segunda-feira, 18, a abertura oficial ao mercado do BTG+, banco digital com serviço completo. O serviço estava disponível desde setembro de 2020 apenas para clientes do BTG Pactual digital, que é a plataforma para o investidor de varejo.

A oferta com esforços restritos totalizou a distribuição de 27.777.778 units, compreendendo 27.777.778 ações ordinárias e 55.555.556 ações preferenciais, considerando exercício integral do lote adicional. Após o follow-on, o novo capital social do banco passará a ser de 12,6 bilhões de reais, dividido em 1.784.211.500 ações ordinárias, 662.472.466 ações preferenciais classe A e 349.356.340 ações preferenciais classe B.

Além do próprio BTG Pactual, a oferta tem como coordenadores o Bradesco BBI, o Itaú BBA, o Morgan Stanley e o Santander Brasil.

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame