BTG Insights

5 dicas de uso inteligente do cartão de crédito

PUBLICADO EM: 7.4.21 | 7H54
ATUALIZAÇÃO: 7.4.21 | 17H17
Cartões de crédito movimentaram 1,18 trilhão de reais em 2020. Para especialista do BTG+, modalidade de pagamento traz muitos benefícios para quem souber usá-lo a seu favor

Vanessa Daraya

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 4MIN

Um balanço da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) aponta que os cartões superaram as expectativas em 2020, com crescimento de 8,2%, e se tornaram o principal meio de pagamento do país. Os cartões de crédito, em especial, movimentaram 1,18 trilhão de reais, dos 2 trilhões totais (que englobam ainda o débito e o pré-pago). Mas, diante desse aumento expressivo, como os brasileiros podem usar o cartão de crédito de forma mais inteligente?

“O cartão de crédito pode ser mocinho ou vilão”, explica Flavia Janini, head de produtos e serviços transacionais do BTG+. “O cliente se endivida por falta de conhecimento da relação que ele precisa ter com o cartão, por ter a falsa sensação de que tem o dinheiro em mãos. É aí que está o perigo. Na verdade, é um dinheiro emprestado”, afirma. Mas ela explica que o cartão traz muitos benefícios para quem souber usá-lo a seu favor. Por isso, listamos a seguir algumas dicas.

Conta sem taxa de manutenção ou abertura e cartão de crédito com um ano grátis. Abra sua conta no BTG+.

Estabeleça um limite de gastos no cartão

 

Fazer um bom planejamento e gerenciar as finanças é essencial. Entenda quais são suas receitas e o fluxo de caixa (quanto entra e sai por mês). Mapeie as despesas essenciais e fixas, como aluguel e condomínio, e as variáveis, como planos de streaming, delivery e roupas.

Com base nisso, estabeleça um teto de gastos no cartão de crédito. Avalie também se esse valor está adequado ao limite oferecido pelo cartão para entender se é preciso solicitar um ajuste. “No BTG+ fazemos essa avaliação, de acordo com o comportamento do cliente e a renda declarada, para conceder o limite. Mas ninguém melhor do que a própria pessoa para dizer se está dentro do que precisa”, explica Janini.

Pague a fatura na íntegra

 

Concentrar os gastos do mês no cartão de crédito pode ser uma boa opção para quem deseja gerenciar de forma fácil seus gastos e ainda acumular mais pontos no programa de recompensa escolhido. Mas Janini alerta: é preciso controle e previsibilidade de renda.

Ou seja, se você não tem um emprego estável ou é autônomo, é melhor dobrar os cuidados. “Ao usar o cartão de crédito, de certa forma, você pega dinheiro emprestado durante um período, mesmo que pague à vista no vencimento. Então é preciso ter certeza de que vai ter esse dinheiro disponível para pagar a fatura na data de vencimento”, explica.

Portanto, a melhor forma de usar o cartão é realizando o pagamento total de sua fatura. Existe a possibilidade de parcelar a fatura do cartão de crédito, mas deve ser utilizada com cautela. “Ao comprar, você precisa saber que pode contar com esse dinheiro total lá na frente. Se pagar o mínimo recomendado, pode começar a se endividar”, afirma.


Recomendado para você

Gerencie seus gastos

 

Outro ponto importante é acompanhar os gastos para avaliar seu próprio comportamento. “Essa gestão das despesas precisa funcionar bem para que o cliente veja com clareza onde estão concentrados os gastos, se são essenciais ou não”, explica Janini.

O controle pode ser feito de diversas formas. Mas já existem maneiras de deixar o processo mais automático e inteligente. Janini explica que o BTG+ oferece a funcionalidade de gestão do dia a dia. A plataforma do banco não só categoriza os gastos para o cliente como aprende com ele, entende suas necessidades e sugere o que fazer. Com a ferramenta de dicas, os usuários recebem novidades e tutoriais, de acordo com seus hábitos financeiros.

Escolha um cartão que atenda às suas necessidades

 

Todo cartão está atrelado a uma série de benefícios. Busque aquele que oferece o que você precisa para o momento”, explica. Por exemplo, você pode preferir um cartão que ofereça isenção de anuidade. Já quem costuma viajar pode optar por pagar pelo uso para ter um cartão que ofereça um bom programa de pontos.

“Foi pensando nisso que fizemos um produto customizável”, afirma Janini sobre o cartão de crédito modular oferecido pelo BTG+. A proposta do banco é que o cliente possa escolher qual cartão deseja entre os disponíveis, e não apenas aquele que as instituições oferecem de acordo com seu perfil financeiro e com um pacote fechado de vantagens. E ainda permite que o cliente escolha quais benefícios fazem sentido para ele.

Transforme os gastos em investimentos

 

Quem ainda não tem o hábito de poupar pode encontrar no cartão de crédito um aliado. O Invest+, por exemplo, é o programa de recompensa do BTG+ que transforma os gastos do cliente no cartão de crédito em investimentos.

Conforme o cliente faz compras, o banco deposita um percentual do valor gasto em um fundo de renda fixa do BTG, alocado principalmente em títulos do Tesouro Direto. A meta de rentabilidade é de 100% do CDI e o investimento tem taxa zero. Se para o cliente é mais importante poupar do que juntar milhas, esse é mais um benefício que ele pode escolher ao contratar seu cartão de crédito”, finaliza Janini.


Leia também

Vanessa Daraya

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais