MERCADOS

CCR revela ritmo de recuperação do tráfego nas estradas; o que esperar

PUBLICADO EM: 3.3.21 | 13H33
ATUALIZAÇÃO: 3.3.21 | 13H53
Melhora no tráfego na margem trimestral deve puxar resultado da companhia, em contraste com ritmo ainda lento de retomada em áreas como aeroportos
NovaDutra

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

A CCR (CCRO3) divulga os resultados do quarto trimestre nesta quinta-feira, 4, depois do fechamento do mercado. A expectativa de analistas do Credit Suisse é que os números mostrem uma leve recuperação das receitas advindas da cobrança de pedágios nas rodovias cuja concessão é explorada pela companhia.

As rodovias sob administração da empresa incluem algumas das mais movimentadas do país, como a Dutra e o sistema Bandeirantes e Anhanguera.

As ações acumulam queda de 18% somente neste ano e de cerca de 35% em 12 meses, longe ainda de recuperar as perdas provocadas pela pandemia, que reduziu drasticamente o movimento em rodovias e aeroportos. Em abril do ano passado, o volume de tráfego nas rodovias chegou a cair 30% na comparação anual.

No quarto trimestre, a expectativa é que o tráfego tenha crescido de 3% a 4% na comparação com os três meses imediatamente anteriores. O resultado nessa área ajudará a puxar um crescimento esperado de 10% na base anual de receitas líquidas e do Ebitda (a geração de caixa operacional), excluídos dados de construção do grupo.

Outra grande companhia do setor de concessões rodoviárias, a EcoRodovias (ECOR3) divulga seu resultado na próxima semana, no dia 10.

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame