Exame Invest
Onde Investir

Clube recebe Will Landers: 99% dos gringos não estão olhando para o Brasil

PUBLICADO EM: 18.11.21 | 10H16
ATUALIZAÇÃO: 18.11.21 | 17H25
Em videocast da EXAME Invest, head de equities para América Latina do BTG Pactual Asset diz que incertezas locais têm afastado o investidor estrangeiro do país

Will Landers: head de ações para América Latina da BTG Pactual Asset Management | Foto: Exame/Youtube

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Com extensa experiência em instituições globais do mercado financeiro, Will Landers, head de ações para América Latina do BTG Pactual Asset Management, avalia que o aumento das incertezas sobre a economia brasileira é o principal fator para o desinteresse de investidores estrangeiros por ativos locais. 

“Hoje, 99% dos gringos não estão olhando para o Brasil”, disse Will Landers em entrevista ao mais novo episódios do Clube, videocast da EXAME Invest apresentado por Bruno Lima, head de análise de ações do BTG Pactual digital, e Daniel Cunha, da área de Sales do BTG Pactual.

“Para o investidor estrangeiro querer comprar [ativos no] Brasil, a história tem que ser bem mais simples. Hoje, a história está complicada e mal contada. Não se sabe o que vai acontecer”, disse Landers, que, antes do BTG, passou 17 anos na BlackRock, a maior gestora do mundo, liderando a área de fundos de ações para Latam em sua última posição.

Além das preocupações fiscais, segundo Landers, a maior cautela do estrangeiro também leva em consideração as eleições presidenciais do próximo ano. Para o head para América Latina do BTG, esses fatores devem manter o real desvalorizado em relação aos fundamentos. A moeda tem oscilado entre 5,50 e 5,60 reais nos últimos dias. 

“Oportunidade sempre existe. Um antigo colega da BlackRock dizia que, na média, de 40% a 50% das ações de mercados emergentes sobem todos os anos. Então há chance de ganhar dinheiro, mas acertar toda hora é difícil.”

Para Landers, uma das oportunidades no mercado brasileiro está nas ações das Lojas Renner (LREN3). Trata-se atualmente de sua maior aposta entre as listadas na B3. “É uma história de reabertura, estão investindo no e-commerce -- e o que ganharam vão manter --, mas sem uma grande migração do negócio original. É uma empresa que tem uma boa história desde o IPO e voltou a ser uma das nossas principais posições”, afirma.

Assista ao videocast Clube, da EXAME Invest, com Will Landers, head de ações para América Latina do BTG Pactual Asset:

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame