MERCADOS

Quer carona na alta das commodities? Veja a carteira da EXAME Invest Pro

PUBLICADO EM: 5.5.21 | 9H30
ATUALIZAÇÃO: 5.5.21 | 10H04
Ações selecionadas pelos analistas de renda variável expõem visão sobre papéis que devem ter melhor performance nos próximos meses
Trabalhador em indústria siderúrgica

Setor de siderurgia tem algumas das ações que mais se valorizam na bolsa brasileira neste ano

Imagem da Editoria Exame Invest
Juliano Passaro

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

A forte valorização dos preços das commodities nos últimos meses tem sustentado um movimento de alta de ações de empresas produtoras e exportadoras. O caso mais emblemático é o da mineradora Vale (VALE3).

Não por acaso, o setor de commodities é que apresenta maior peso na carteira de ações recomendadas da EXAME Invest Pro, com uma fatia de 25% da composição em maio.

Quer ter todas as informações sobre as análises de Bruno Lima? Assine a carteira Ações e Dividendos da EXAME Invest Pro

Bruno Lima, head de renda variável da EXAME Invest Pro, segue com a visão de que existem boas oportunidades no setor de commodities.

O segundo setor com maior exposição é o de empresas do varejo com 21%. Com menor exposição estão o segmento financeiro e o de tecnologia.

O especialista explica que as perspectivas para commodities no curto prazo seguem positivas. "O preço do minério de ferro segue em patamar elevado, proporcionando bastante rentabilidade para mineradoras globais. Do lado da proteína animal, as empresas mais expostas ao ciclo do gado dos EUA estão atravessando um excelente momento de rentabilidade, dada a ampla disponibilidade de rebanho e retorno do consumo doméstico”, diz Lima.

Ele também pontua que as empresas que exportam via Brasil e outros países da América Latina devem apresentar margens pressionadas pelo alto custo da arroba no curto prazo. “Mas a tendência deve se dissipar ao longo do ano", diz. "Outro fator positivo é que a demanda de bovino por parte da China segue forte e deve começar a impactar positivamente os preços de exportação", completa o analista.

No mês de abril, a Vale (VALE3), que faz parte do setor de commodities, foi o destaque positivo da carteira EXAME Ações e Dividendos, com valorização de 11,3%. O relatório destaca que o cenário atual favorece uma carteira diversificada. Entretanto é necessário olhar mais para empresas que devem ser impactadas positivamente pela retomada da atividade local ao longo do segundo semestre.

A Vale, além de ser destaque, segue como uma recomendação da EXAME Invest Pro para este mês. Os riscos ligados à empresa são:

  • Impacto de uma possível desaceleração global na demanda por aço e preços de minério de ferro;
  • Possibilidade de uma aceleração da oferta mundial de minério;
  • Questões socioambientais.

Por outro lado, a companhia deve se beneficiar das medidas anti-poluição na China, que influenciaram positivamente os preços do minério de ferro. Além disso, o relatório destaca que a Vale apresentou recentemente seus resultados do primeiro trimestre, com bons números e destaque para a geração de caixa.

Jornada do Investidor Independente

Em um evento 100% online e gratuito, o experiente head de renda variável da EXAME Invest Pro, Bruno Lima, apresentará um evento de quatro dias voltado para o desenvolvimento de habilidades de análises de empresas.

Ou seja, o espectador aprenderá a selecionar melhor as ações ideais para o seu perfil de risco. Para quem deseja sair do básico e aprender a montar uma boa carteira de investimentos, a Jornada do Investidor Independente pode ser essencial. Inscreva-se.

Imagem da Editoria Exame Invest
Juliano Passaro

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame