Exame Invest
Minhas Finanças

Como falar de dinheiro com o namorado? Veja as dicas de Nathalia Arcuri

PUBLICADO EM: 12.6.21 | 7H00
ATUALIZAÇÃO: 11.6.21 | 14H53
Considerado um tabu na vida de muitos casais, o tema tende a ser motivo de brigas e até separações.
Nathália Arcuri, fundadora do Me Poupe!

Discutir o tema não deve ser uma cobrança e, sim, uma forma de expor planos, metas e opiniões, diz a fundadora do Me Poupe! (MARCELO SPATAFORA)

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

No Dia dos Namorados, além de presentes, o que mais pode ser feito para cuidar de um relacionamento? Falar sobre dinheiro. O tema é importante, pois ainda é considerado um tabu na vida de muitos casais e tende a ser motivo de brigas e até separações.

Participe gratuitamente da Jornada do Investidor Independente

Segundo Nathalia Arcuri, fundadora da Me Poupe!, isso só acontece porque, nestes casos, os casais ainda não entenderam a maneira correta de tratar do assunto.

Em comemoração à data, a especialista em finanças separou algumas dicas que prometem ajudar quem deseja abrir o jogo sobre o assunto sem gerar desentendimentos.

Trate a dinheirofobia

Este é um termo usado para definir quem tem medo de falar sobre dinheiro ou fala somente quando existem dívidas e gastos excessivos.

Discutir o tema não deve ser uma cobrança e, sim, uma forma de expor planos, metas e opiniões que coloquem em jogo quais são os desejos individuais e conjuntos de cada casal.

Não fale sobre o assunto pela ótica do problema. Aposte em um tom que busque sempre a solução.

Não julgue!

Isso mesmo, se não afetar seus objetivos pessoais, seu parceiro pode ter a liberdade de destinar o dinheiro que ganha para onde achar necessário.

É claro que existem metas compartilhadas, mas também é importante para uma relação considerar quais são as individuais - para gastos ou investimentos, pense sempre no meu, no seu e nos nossos. Não há nada de errado nisso.

Escolha o momento certo para falar das finanças

Simples, né? Assim como tudo na vida, entenda que cada coisa tem seu tempo e use isso ao seu favor.

Falar de dinheiro não deve ser um problema. Trate de forma tranquila, marque um dia específico e discuta de um jeito divertido.

Evite esconder contas, assim como também evita esconder um segredo

Afinal, se você não pode falar, não deveria nem ter feito.

Trabalhe com o jogo limpo e aberto e essa será a melhor maneira de tornar o assunto cada vez mais comum e leve, do jeito que deve ser.

Não deixe de investir porque seu parceiro não investe

Existem vários tipos de pessoas no mundo e é normal que em um relacionamento cada uma delas pense de um jeito diferente. Porém, não é porque quem está do seu lado não cuida do dinheiro, que você também não deve cuidar.

Não deixe para trás seus próprios objetivos só porque não são iguais ao do seu parceiro. Lembre-se, assim como dito em outras dicas deste texto, é muito importante considerar a individualidade de sonhos e metas, ao mesmo tempo em que trabalha o conjunto.

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame