Exame Invest
BTG Insights

Como tomar decisões mais assertivas ao investir?

PUBLICADO EM: 24.11.21 | 10H15
Ao aliar psicologia à economia, campo de estudo busca entender aspectos emocionais envolvidos no processo de tomada de decisões financeiras. Entenda

(Getty Images)

Imagem da Editoria Exame Invest
Isabel Rocha

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

Quando o assunto é montar uma carteira de investimentos diversificada, o que não faltam são opções de produtos financeiros. Mas você já se perguntou o que leva um investidor a escolher determinados ativos em detrimento de outros? Ou o que explica o fato de boa parte das pessoas decidir vender ativos promissores quando observam uma leve tendência de queda, ainda que o mais prudente seja fazer justamente o contrário?

Para as finanças comportamentais, campo da pesquisa da psicologia econômica que estuda como e por que tomamos nossas decisões financeiras, a resposta tem a ver com as emoções.

Diferentemente da teoria clássica, que prevê que as decisões relacionadas à vida financeira são tomadas de maneira totalmente racional, este novo conceito está baseado na ideia de que o processo decisório e de gestão de riscos é diretamente influenciado pelas emoções, crenças, história de vida e relação com o dinheiro de cada indivíduo.

Conte com a tradição do maior Banco de Investimentos da América Latina para a gestão do seu patrimônio. Conheça o BTG Pactual Advisors

Segundo a teoria, todos estes fatores (chamados de vieses comportamentais pelos estudiosos do tema) podem afetar a nossa capacidade de julgamento, levando a decisões financeiras equivocadas.

Veja, abaixo, alguns exemplos de vieses comportamentais que podem influenciar negativamente o seu processo de tomada de decisão.

 • Aversão à perda

Ainda que a sensação de encontrar dinheiro no bolso da calça seja prazerosa, você já deve ter notado que a tristeza por perder a mesma quantia parece imensamente pior. Isso acontece porque, historicamente, o ser humano tende a dar mais importância às perdas do que aos ganhos.

Em termos de investimento, este viés comportamental pode levar o investidor a se desfazer de um investimento com boas perspectivas apenas pelo pavor de perder o lucro já obtido. Ou ainda, a insistir em uma ação que está em queda apenas para evitar a realização do prejuízo.

 • Comportamento de manada

Como o próprio nome sugere, este é o comportamento que faz com que um indivíduo imite as ações de um grupo, mesmo que não exista nenhum argumento lógico para fazê-lo. É o caso de quem decide comprar ou vender ações de determinadas empresas apenas porque viu um grande número de pessoas apostarem naqueles papeis.

 • Excesso de confiança

A autoconfiança excessiva também é um prato cheio para decisões financeiras equivocadas. Afinal, estamos falando de uma das principais responsáveis por levar uma pessoa a gastar mais do que pode ou a ignorar orientações de especialistas antes de investir, por exemplo.

Finanças comportamentais na prática

 

Entender estes conceitos (e trabalhar para evitar que eles se manifestem tanto na hora de investir quanto ao gerir seu patrimônio), portanto, é um passo importante para o sucesso financeiro. Mas a verdade é que tentar fazer isso por conta própria pode ser desafiador.

Não apenas porque são muitos os vieses comportamentais que podem interferir em um processo de tomada de decisão financeira, mas principalmente porque, por se tratarem de comportamentos inconscientes, identificá-los sozinho não é tão simples quanto parece.

Nesse cenário, a figura de um assessor de investimentos pode ajudar, e muito, a trazer mais disciplina e segurança ao processo.

BTG Pactual Advisors

 

Foi pensando nisso – e com o objetivo de apoiar os clientes na gestão global de seus patrimônios – que o BTG Pactual desenvolveu, em 2020, o BTG Pactual Advisors, um serviço de assessoria exclusiva com foco na preservação do capital e do poder de compra dos clientes a longo prazo.

Para isso, o time de advisors do maior banco de investimentos da América Latina busca conhecer seus clientes a fundo, entendendo quem são, do que gostam e quais suas metas de vida no curto, médio e longo prazo. Assim, são capazes de oferecer soluções de alto padrão de investimento de acordo com o perfil e objetivos financeiros, pessoais e familiares de cada cliente.

O mais novo escritório do BTG Pactual Advisors está localizado na região do Jardim Europa, em São Paulo, e está de portas abertas para receber todos os clientes que desejam investir na sua própria história, por meio de uma experiência exclusiva e de alta qualidade. Saiba mais aqui.

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Isabel Rocha

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame