Exame Invest
Academy

Conheça as lições de investimento de Florian Bartunek em aula exclusiva

PUBLICADO EM: 26.1.21 | 17H29
ATUALIZAÇÃO: 5.2.21 | 12H06
Sócio-fundador da gestora Constellation junto com Jorge Paulo Lemann, Bartunek traz a experiência de 30 anos de mercado em novo curso da EXAME Academy
Florian Bartunek, sócio da gestora Constellation

Imagem da Editoria Exame Invest
Denyse Godoy



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 4MIN

Diretor de investimentos e sócio-fundador da gestora Constellation, Florian Bartunek se vê como um eterno estudante dos mercados e um professor amador. É uma autodefinição modesta.

Formado em administração de empresas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Bartunek deixou o Banco Pactual em 1998 para começar o fundo Utor Investimentos, cuidando do patrimônio dos ex-controladores do Banco Garantia, incluindo o cofundador da cervejaria Ambev Jorge Paulo Lemann.

Deu tão certo que, em 2002, Lemann e Batunek se associaram para levar a mesma estratégia para todos os investidores do mercado. Nos últimos três anos, os fundos da Constellation renderam entre o dobro e o triplo do Ibovespa, que teve retorno de cerca de 40% no período.

Esses feitos credenciam Bartunek a mais do que um professor amador. “Com 30 anos de experiência, um bom investidor entende o que faz uma empresa ou pessoa apresentar alta performance. Chega um ponto da vida em que é preciso passar adiante tudo que aprendemos”, diz o gestor.

A recente migração de centenas de milhares de investidores brasileiros da poupança e da renda fixa para a renda variável o motiva ainda mais, agora, a compartilhar seus conhecimentos.

“Certa vez, ao final de uma conferência, dois rapazes vieram falar comigo. Contaram que haviam perdido todas as suas economias investindo na Petrobras. Fiquei intrigado, porque a petroleira não caiu tanto assim nos últimos tempos. Mas aí eles explicaram que tinham colocado todas as suas economias em opções. Não entendiam como funcionava. Assim como eles, há muita gente precisando de ajuda”, afirma o gestor.

Para atender essa demanda, também tem surgido todo tipo de especialista, de acadêmicos a influenciadores digitais. Poucos com experiência prática no mercado.

Contando mais de três décadas de vivência, a primeira lição que Bartunek quer ensinar aos investidores novatos é que o mercado é, ao mesmo tempo, mais complicado e mais fácil do que parece.

“Gostaria que tivessem a percepção de que o mundo dos investimentos não é só para o 'bambambam', o magnata. Que também podem cuidar melhor do seu dinheiro”, diz. “Ao mesmo tempo, precisam admitir que sabem de menos e que, para conseguir bons ganhos, precisam estudar e se dedicar.”

Em sua opinião, o crescente interesse do brasileiro pela bolsa de valores tem ainda a vantagem de nos tornar cidadãos melhores. Quem investe em ações começa a notar como as ações do governo afetam o seu patrimônio e a sua vida. “Conhecer a lógica do mercado financeiro ajuda não só a ser um investidor melhor – mas também um empresário e um estudante melhor.”

E qual é o segredo das companhias campeãs?

Essa é uma lição que o próprio Bartunek vem constantemente aprendendo. Anos atrás, em suas palestras, o gestor dizia que o grande diferencial das empresas de excelente desempenho era estar em um mercado com sólidas barreiras à entrada de concorrentes.

Por exemplo, uma barreira tributária, como o intrincado sistema de arrecadação de impostos brasileiro, que desencoraja grupos de moda como o sueco H&M a entrar no país e acaba protegendo a Renner. Ou a imensidão territorial que demanda o desenvolvimento de uma rede de distribuição super sofisticada como a da cervejaria Ambev – e atrapalha os planos de rivais estrangeiros como a Heineken.

Neste início de década, as barreiras de entrada estão mais permeáveis, na opinião de Bartunek, por causa da tecnologia. Os motoristas de táxi antigamente achavam que estavam protegidos pela licença de operação. Até que veio a Uber. A TV Globo acreditava que sua hegemonia nunca seria perturbada. Mas a Netflix transformou a maneira como os espectadores lidam com o entretenimento audiovisual.

Este mundo está muito mais perigoso para as empresas. E interessante para o investimento”, afirma.

Bartunek foi escolhido para ser o primeiro professor da mais recente iniciativa da EXAME Academy, o braço de educação da EXAME. Em aulas denominadas "Lessons", a plataforma de educação digital convidará os mais renomados especialistas do mercado para um bate-papo, em que os convidados irão resumir seus aprendizados de uma vida em um bloco único de até 1h30.

"Os meios digitais tornaram-se essenciais, principalmente desde o início de 2020, para a educação e o autodesenvolvimento. Com a nossa coleção Lessons, buscamos compartilhar conteúdos indispensáveis a um custo acessível para o grande público, encurtando assim o trajeto na construção de um repertório que o auxiliará na ampliação de suas perspectivas de carreira, gestão de sua vida financeira, inovação e vários outros temas que fazem parte do ecossistema da EXAME.', declarou o head da EXAME Academy, Rodrigo Godoy.

Imagem da Editoria Exame Invest
Denyse Godoy


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame