Exame Invest
Mercados

Conheça o rival do TikTok cujas ações dispararam 160% na estreia do IPO

PUBLICADO EM: 5.2.21 | 17H22
Chinesa Kuaishou abre o capital em Hong Kong e mostra que o apetite de investidores por ações de empresas de tecnologia continua muito aquecido
Kuaishou

(Barcroft Media via Getty Images)

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Não foi a Ant Financial Group de Jack Ma, mas coube a uma empresa chinesa o status de maior IPO de uma empresa de tecnologia desde a estreia do Uber, há dois anos. A Kuaishou, dona de uma rede social concorrente do TikTok, abriu o capital e estreou na Bolsa de Hong Kong com uma alta de 161% nas ações no fechamento desta sexta-feira, 5.

Quer conhecer os melhores BDRs para investir na bolsa brasileira? Acompanhe as análises da EXAME Research

A estreia bem-sucedida mostra que o apetite de investidores por ações de empresas de tecnologia continua muito aquecido, apesar dos alertas contínuos de que pode haver uma bolha nos preços desses ativos.

A companhia, que movimentou o equivalente a 5,32 bilhões de dólares, tem uma base com mais de 300 milhões de usuários ativos para o seu aplicativo de vídeos curtos e live streaming, que guardam semelhança com o TikTok, da ByteDance.

Os aplicativos da Kuaishou apresentam vídeos enviados pelo usuário, bem como programas de transmissão ao vivo por meio dos quais os fornecedores podem promover produtos de consumo. Esses são o principal canal de monetização do site, responsável por 84% das receitas em 2019, segundo o prospecto relacionado às autoridades regulatórias.

A Kuaishou, que tem a Tencent -- dona do WeChat -- como principal acionista, buscava um valor de mercado de mais de 50 bilhões de dólares desde que começou a se preparar para a estreia no mercado, segundo a Reuters.

Mas essa avaliação superou a marca de 60 bilhões de dólares com a oferta e a forte alta na estreia, disseram as fontes com base na resposta atual dos investidores. A Kuaishou não quis comentar o assunto.

A operação acima de 5 bilhões de dólares representa um forte começo para os mercados de capitais de Hong Kong em 2021 e foi o maior IPO desde que a cervejaria Budweiser levantou 5,75 bilhões de dólares em setembro de 2019.

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame