Dica de Musk faz ação de empresa desconhecida disparar 1.100% | Exame Invest
MERCADOS

Dica de Musk faz ação de empresa desconhecida disparar 1.100%

PUBLICADO EM: 9.1.21 | 18H00
ATUALIZAÇÃO: 11.1.21 | 14H00
Fundador da Tesla recomendou uso de app de mensagem pelo Twitter e impulsionou cotação de outra empresa de mesmo nome

Marcelo Sakate

Editor da EXAME Invest, jornalista com passagens por Folha de S. Paulo, Veja, 6 Minutos e CNN Brasil.



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O homem mais rico do mundo não fez da Tesla apenas a montadora de carros mais valiosa do planeta. Um exemplo do poder de influência de Elon Musk se deu nesta semana com a recomendação para seus seguidores usarem um aplicativo de mensagens.

Quer saber quais as ações com maior potencial de valorização em 2021? Conte com a assessoria do BTG Pactual digital

Musk recomendou a seus quase 42 milhões de seguidores no Twitter na quinta-feira, 7, que “usem Signal”, sem dar maiores explicações. A referência foi a um aplicativo de mensagens que pertence a uma organização sem fins lucrativos e que serve de alternativa para apps populares como o Facebook Messenger e o WhatsApp. O tuíte foi curtido por quase 290.000 pessoas.

O tuíte de Musk, que superou nesta semana Jeff Bezos, da Amazon, como a pessoa com a maior fortuna do planeta, com mais de 190 bilhões de dólares, causou uma forte valorização das ações da Signal Advance: elas saltaram de 60 centavos de dólar na quarta para 7,19 dólares na sexta, uma valorização de 1.098% em dois dias. A ação com baixa liquidez é negociada em um mercado conhecido como OTC.

A procura foi tão grande que a Signal Advance, que desenvolve sensores para a indústria e a área médica, decidiu divulgar um comunicado esclarecendo que se tratava de um mal-entendido e que ela não era a empresa desejada pelos investidores.

O valor de mercado da Signal Advance saltou de 55 milhões de dólares para 660 milhões de dólares. Já o app recomendado por Musk foi desenvolvido pela Signal Foundation, uma organização sem fins lucrativos fundada em 2018 por Moxie Marlinspike e Brian Acton, um dos cofundadores do WhatsApp ao lado de Jam Koum.

O toque de influenciador de Musk se aplica também à sua principal companhia, a Tesla, líder mundial da produção e na venda de carros elétricos: a ação negociada na Nasdaq subiu 952% desde o fim de 2019, passando de 83,67 para 880,02 dólares na última sexta.


Recomendado para você


Leia também

Marcelo Sakate

Editor da EXAME Invest, jornalista com passagens por Folha de S. Paulo, Veja, 6 Minutos e CNN Brasil.


Compartilhe nas redes sociais