BTG Insights

Em parceria com o BTG, EXAME Invest lança Guia de Fundos Imobiliários

PUBLICADO EM: 19.3.21 | 10H20
ATUALIZAÇÃO: 22.3.21 | 17H06
Em e-book gratuito, analista do BTG Pactual digital explica o que você precisa saber antes de começar a investir em Fundos Imobiliários

Vanessa Daraya

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Baixe o e-book Guia de Fundos Imobiliários e veja as dicas do BTG Pactual digital para sofisticar as aplicações em busca de mais rendimentos.

 

O ano de 2021 começou com uma grande aposta do BTG Pactual digital em fundos imobiliários (FIIs). No relatório 10 investimentos para fazer agora do banco, fica evidente a importância desta classe de ativos para quem planeja diversificar os investimentos. 

Isso porque, apesar da alta na Selic, que deve chegar a cerca de 4,5% em dezembro de 2021, ainda estaremos longe da era de ouro da renda fixa. Prova disso está na crescente busca FIIs, vista em dados publicados pela B3. Ao final de 2019, os FIIs somavam 645.000 cotistas pessoas físicas. Já em outubro de 2020, menos de 12 meses depois, o número de cotistas passou a ser de 1,1 milhão.

Tudo que você precisa saber para investir em FIIs

 

Pensando no crescente número de interessados nessa modalidade de investimentos, criamos o e-book Guia de Fundos Imobiliários em parceria com o BTG. Nele, explicamos o beabá desta classe de ativos.

Ao longo dos seis capítulos, esclarecemos o que são os FIIs e qual a explicação para esse aumento nas buscas por essa modalidade de ativos. Também listamos as vantagens da modalidade, quais são os riscos dessa classe de investimentos, como funciona a tributação e qual a melhor forma de escolher dentre os ativos negociados na B3.

Com ajuda do Daniel Marinelli, analista de fundos imobiliários do BTG Pactual digital, provamos que, sim, estamos diante de uma modalidade muito importante para a carteira de investimentos de quem quer sofisticar as aplicações em busca de mais rendimentos. Faça o download do nosso e-book e aprenda como construir uma estratégia inteligente de diversificação.


Leia também

Vanessa Daraya

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais