Minhas Finanças

Em São Paulo, preço da gasolina ainda está abaixo dos R$ 5,00

PUBLICADO EM: 26.2.21 | 13H50
O preço do diesel e o diesel S-10 também estão abaixo da média, mostra levantamento da Ticket Log

Gasolina: No RJ, o preço da gasolina é o mais caro

Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O preço médio da gasolina registrado na região sudeste na primeira quinzena de fevereiro foi de R$ 5,047. Trata-se de um aumento de 4,32% na comparação com o preço do fechamento no mês de janeiro. Os dados fazem parte do Índice de Preços Ticket Log (IPTL) e foram divulgados nesta sexta-feira, 26. O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log. 

Ao analisar por estado, os dados indicam que em São Paulo, o preço do combustível ainda está abaixo da média, da região sudeste, a R$ 4,647.

Ao analisar os outros combustíveis, os dados indicam que os preços seguem menores na comparação com os demais estados da região. O diesel e o diesel S-10 foram comercializados a R$ 3,794 e R$ 3,859, respectivamente, e o GNV, por R$ 3,019.

“O preço médio do etanol registrado em São Paulo foi o menor do país na primeira quinzena de fevereiro. O combustível foi comercializado no estado a R$ 3,167 o litro e segue como mais vantajoso se considerada a relação de vantagem 70/30 com a gasolina”, explica Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Já o Rio de Janeiro tem a gasolina mais cara, de R$ 5,336. O valor é superior à média sendo vendida na região. Nos postos fluminenses também foi registrado o etanol mais caro da região sudeste, com o preço médio de R$ 4,247.

Minas Gerais segue com os valores mais altos do diesel, de R$ 3,974, do diesel S-10, de R$ 4,062, e do gás natural veicular (GNV), de R$ 3,380.

O preço do GNV no sudeste apresentou recuo de 0,28% nessas primeiras semanas de fevereiro. No Espírito Santo, a baixa foi de 0,24% e o litro médio foi comercializado a R$ 3,315. Em Minas Gerais, mesmo com o valor mais alto, o recuo foi de 0,82%. Já em São Paulo, o preço médio diminuiu 0,07% em relação ao fechamento de janeiro.

Combustível Ticketlog

Combustível Ticketlog

(Ticketlog/Divulgação/Divulgação)

Combustível Ticketlog

(Ticketlog/Divulgação/Divulgação)


Recomendado para você


Leia também

Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais