Exame Invest
ESG

Em um ano, Hospital 9 de Julho evita descarte de 1 milhão de aventais

PUBLICADO EM: 29.4.21 | 13H47
ATUALIZAÇÃO: 29.4.21 | 14H02
Com a alta demanda no uso de materiais de proteção da equipe hospitalar, os itens foram substituídos por opções reutilizáveis em uma iniciativa sustentável criada em março de 2020

Sustentabilidade: Hospital 9 de julho cria iniciativa para reuso de aventais médicos (AFP via Getty Images)

Imagem da Editoria Exame Invest
Maria Clara Dias

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Com o agravamento da pandemia, houve uma alta na demanda produtiva de itens de proteção hospitalar, como aventais, luvas e máscaras. No Hospital 9 de Julho, a preocupação com o desabastecimento - que surgiu à medida em que também crescia o uso desses materiais pela equipe médica - se uniu a um outro ponto de atenção: o impacto ambiental causado pelo descarte dos itens.

Olhando para esse cenário, o hospital paulista criou, ainda em março de 2020, uma iniciativa sustentável que visa substituir os aventais descartáveis por opções com hidro-repelência, alternativa que pode ser lavada e reutilizada até 50 vezes. Um ano depois, o hospital atingiu a marca de 1,2 milhão de aventais descartáveis economizados pela equipe de enfermagem, uma quantidade que também evitou que cerca de 60.000 sacos de lixo de 100 litros fossem descartados no meio ambiente.

De acordo com a instituição, o novo material é usado por funcionários da assistência direta a pacientes, e passa por um processo de impermeabilização para garantir a segurança e permitir o reúso. O ciclo de reúso das peças, bem como a higienização - feita na lavanderia hospitalar - é monitorado pelo time de governança do hospital por meio de um chip de rastreamento individual.

“Com o início da pandemia tivemos que tomar decisões rápidas para conter uma alta expressiva no descarte de materiais no longo prazo'', disse Vitor Silva, coordenador de governança e hotelaria do Hospital 9 de Julho. “Para um hospital de alta rotatividade como o 9 de Julho, em que geramos quatro toneladas por dia com resíduos, uma ação como essa tem um impacto considerável de economia para o hospital e para a natureza.

Além da adoção dos aventais reutilizáveis, o Hospital também reaproveita cerca de 90% das embalagens adquiridas em um projeto de logística reversa para uma linha de produtos específicos e conta com processos de reciclagem para o descarte apropriado de papelão e filmes de raio-x, material tradicionalmente poluente.

 

Fique por dentro das principais tendências das empresas ESG. Assine a EXAME.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Imagem da Editoria Exame Invest
Maria Clara Dias

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame