Exame Invest
Mercados

Uber ameaçado? App de transporte Ola prepara IPO de US$ 1 bi

PUBLICADO EM: 30.8.21 | 14H52
ATUALIZAÇÃO: 31.8.21 | 5H19
A Ola tem uma presença cada vez maior em vários mercados globais, como Austrália e Reino Unido
Bhavish Aggarwal, fundador da empresa indiana de transporte de passageiros por aplicativo Ola.

(REUTERS)

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A gigante indiana de transporte de passageiros Ola planeja levantar até 1 bilhão de dólares por meio de uma oferta inicial de ações (IPO) e está buscando os bancos para assessorá-la na operação, segundo três fontes disseram à Reuters.

A Ola, com apoio do japonês Softbank, atraiu Citi, segundo duas pessoas com conhecimento direto do assunto. Também trouxe o Kotak Mahindra e o Morgan Stanley, de acordo com outras duas pessoas a par dos planos. A empresa, que compete com Uber, também conversa com Bank of America e JP Morgan, disse uma das pessoas.

Ola, JP Morgan e Kotak Mahindra não responderam ao pedido por comentário em um primeiro momento. Bank of America, Citi e Morgan Stanley se recusaram a comentar.

A listagem bem sucedida do serviço de entrega de alimentos Zomato, apoiado pelo chinês Ant, em julho, deixou outras startups de tecnologia otimistas para acessar o mercado de capitais, disseram duas fontes.

Mais de meia dúzia de startups, incluindo a empresa de pagamentos Paytm, a farmácia eletrônica PharmEasy e o agregador online de seguros Policybazaar estão preparando IPOs, dando a investidores como Ant e Softbank uma chance de se retirarem.

Fundada em 2010 por Bhavish Aggarwal, a Ola lidera o mercado de transporte de passageiros por aplicativo na Índia, bastante afetado ano passado pelos lockdowns que mantiveram as pessoas em casa, forçando a empresa a cortar sua força de trabalho e temporariamente paralisar a maior parte dos seus negócios.

A Ola tem uma presença cada vez maior em vários mercados globais, como Austrália e Reino Unido.

Em julho, os fundos de capital de risco Temasek e Warburg Pincus investiram cerca de 500 milhões de dólares na Ola antes do seu planejado IPO.

  • Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mercado. Assine a EXAME.

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame