Exame Invest
Mercados

Equatorial não leva nada da Cedae e ações recuam mais de 3%

PUBLICADO EM: 30.4.21 | 17H03
ATUALIZAÇÃO: 30.4.21 | 17H04
Empresa de energia saiu perdendo em disputa no maior leilão da área de saneamento básico já realizado no Brasil
Cedae

Equatorial liderou o consórcio Redentor, mas foram os consórcios das companhias de saneamento Aegea e Iguá que venceram a disputa pela maior parte do projeto de concessão da Cedae

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

As ações da Equatorial (EQTL3) recuam mais de 3% na tarde desta sexta-feira, 30, após o consórcio liderado pela companhia não ter arrematado nenhum dos blocos no leilão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) realizado hoje

A empresa de energia liderou o consórcio Redentor, mas foram os consórcios das companhias de saneamento Aegea e Iguá que venceram a disputa pela maior parte do projeto de concessão da Cedae. 

O leilão – considerado o maior da área de saneamento básico já realizado no país – levantou 22,689 bilhões de reais, com a Aegea como vencedora dos blocos 1 (Zona Sul e mais 18 municípios) e 4 (Centro e Zona Norte mais 8 municípios), por 8,2 bilhões de reais e 7,203 bilhões de reais, respectivamente. Já a Iguá Saneamento levou o Bloco 2 (Barra da Tijuca, Jacarepaguá e mais dois municípios), por 7 286 bilhões de reais. O bloco 3 não teve interessados.

O Redentor disputou os lotes 1 e 4 e perdeu ambos para Aegea na fase viva-voz, em lances disputados minuto a minuto.

*Com Agência Estado e Reuters

Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mercado. Assine a EXAME

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame