Exame Invest
Mercados

Examinando a Bolsa: dólar salta 1,7% hoje e pode abrir espaço para buscar os R$ 5,70

PUBLICADO EM: 25.2.21 | 19H19
Programa diário da EXAME Invest, com o fechamento do mercado no IGTV, traz ainda entre os destaques o tombo de 5% da Petrobras mesmo após lucro recorde
Notas de dólar

(REUTERS)

Foto de Paula Barra da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Especializada na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub | paula.barra@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Examinando a Bolsa — programa diário da EXAME Invest com o fechamento do mercado e principais destaques do pregão — desta quinta-feira, 25, apresentou os seguintes destaques:

1) Depois de subir 0,7% nesta manhã, o Ibovespa virou para queda com a piora do mercado americano e fechou em baixa de 2,95%, em 112.256 pontos. Com o movimento, só duas das 81 ações que compõem o índice subiram hoje. 

Nos EUA, o Nasdaq caiu 3,5%, enquanto o DowJones recuou 1,75%, depois de ter renovado recorde histórico ontem.

2) No mercado de câmbio, a alta dos juros futuros americanos puxou o dólar. A moeda fechou em alta de 1,72%, indo para a casa dos 5,51 reais.

Para José Faria Júnior, diretor da Wagner Investimentos, com a piora dos mercados, a moeda pode buscar patamares ainda mais elevados. "O modelo sugere um grande movimento na moeda, que pode ser para cima, e não me assustaria se atingisse os 5,60 reais a 5,70 reais", disse. 

3) Entre os destaques do Ibovespa, as ações da Petrobras (PETR3; PETR4), que chegaram a subir entre 3% e 4% nesta manhã, fecharam em baixa de 5% mesmo após lucro recorde.

Já as maiores quedas do índice ficaram por conta de WEG (WEGE3), com perdas de 8,3%, seguida por Ultrapar (UGPA3), que caiu 7,5% após balanço considerado fraco pelo mercado.

 

Foto de Paula Barra da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Especializada na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub | paula.barra@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame