Exame Invest
Mercados

Forte demanda por commodities reordena mercado de ETFs

PUBLICADO EM: 21.5.21 | 9H53
Com a recuperação da economia americana em andamento, as apostas em matérias-primas agora respondem por mais da metade dos 20 produtos negociados em bolsa com melhor desempenho este ano

(Bloomberg)

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Por Claire Ballentine

A turbulência no complexo de commodities esta semana que esfriou o mercado parecia necessária, considerando os sinais do setor de ETFs dos Estados Unidos, que movimenta US$ 6,3 trilhões.

Com a recuperação da economia americana em andamento, as apostas em matérias-primas agora respondem por mais da metade dos 20 produtos negociados em bolsa (ETPs, na sigla em inglês) com melhor desempenho este ano. É um nível de desempenho superior atípico para o setor sensível à inflação.

Mesmo depois das vendas na quarta-feira, investidores alocaram US$ 2,6 bilhões neste mês para seguir diversas commodities, como madeira, milho e petróleo em meio à maior atividade dos consumidores, aquecimento do setor de construção e gargalos na cadeia de suprimentos.

Não é de admirar que os emissores persigam essa tendência. Na quinta-feira, a Aberdeen Standard Investments solicitou o registro para dois ETFs de commodities amplos e um fundo de metais industriais. No início da semana, o Tidal ETF Trust fez um pedido de registro para o ETF SonicShares Global Shipping, uma parte do qual será alocado para empresas que transportam commodities a granel.

“A economia se recuperou mais rápido do que qualquer um esperava”, disse Keith Lerner, estrategista-chefe de mercado da Truist Advisory Services. “Leva tempo para reativar as fábricas e alguns desses processos do lado das commodities. Não se pode simplesmente apertar um botão.”

Os ETPs de commodities devem atrair mais recursos desde pelo menos agosto de 2020, segundo dados compilados pela Bloomberg. É uma mudança drástica em relação ao ano passado, quando uma série de ETFs de tecnologia e temáticos se tornou o centro das atenções enquanto o coronavírus se espalhava.

As altas expectativas de inflação desempenham papel fundamental.

“Todo mundo está falando sobre inflação”, disse Phil Toews, CEO da gestora de ativos Toews Corp. “Um hedge claro para a inflação é ter alguma exposição a commodities.”

É claro que os bilhões de dólares fluindo para produtos de commodities correm o risco de criar uma aposta muito popular, vulnerável a uma grande reversão se as expectativas de inflação forem muito altas.

Essa tendência foi aliviada na quarta-feira, quando os futuros de commodities e energia acompanharam a queda mais ampla do mercado. Os preços mostraram estabilidade na quinta-feira, embora a maioria das matérias-primas permaneça em nível mais baixo após a semana turbulenta.

Ainda assim, investidores destacam o aumento da atividade econômica como base para um otimismo contínuo.

“A demanda começa a voltar, o que pressiona os preços”, disse Tom Hainlin, estrategista de investimento nacional do US Bank Wealth Management. “Como esses fundos têm se saído bem, vemos aumento do interesse dos investidores.”

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame