Exame Invest
Minhas Finanças

Inter anuncia expansão internacional e pagamento de cashback em dólar  

PUBLICADO EM: 30.3.21 | 17H30
ATUALIZAÇÃO: 30.3.21 | 18H57
O banco Inter deu início à sua expansão global com a estreia do Inter Shop nos Estados Unidos e planeja entrar na Europa

Inter: nos Estados Unidos, a plataforma online conta com cerca de 30 lojas parceiras, como Best Buy, HP, Wish, Carter’s e Macy’s

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O banco Inter anunciou nesta terça-feira, 30, que deu início à sua expansão global com a estreia do Inter Shop nos Estados Unidos. Além dos Estados Unidos, o Inter planeja ingressar na Europa e a porta de entrada será por Portugal. 

A expansão internacional é uma tendência no mercado. Nesta manhã, o banco BTG Pactual (do mesmo grupo controlador da EXAME) anunciou a compra da participação minoritária na Kawa Capital Management, gestora americana especializada em investimentos alternativos.  

No caso do Inter, o Inter Shop nos Estados Unidos será para residentes do país, clientes ou não do Inter. A plataforma online conta com cerca de 30 lojas parceiras, como Best Buy, HP, Wish, Carter’s e Macy’s. 

Assim como no Brasil, a plataforma oferecerá cashbacks nas compras que serão depositados em dólar na conta-corrente escolhida pelo consumidor.  

“Estamos diante de um mercado com potencial enorme para estreitar e desenvolver novas parcerias para o Inter Shop. A cultura do cashback e cupons é muito forte por aqui, e o Inter tem tudo para se destacar neste mercado”, afirmou Silvia Blas, responsável pela expansão do Inter em território americano.

No Brasil, no ano passado, a plataforma de marketplace do Inter alcançou o volume de vendas de 1,2 bilhão de reais, enquanto as transações em cartão atingiram 18,2 bilhões de reais, o que representa um aumento de 119% em relação a 2019.   

Na semana passada, o Inter alcançou a marca de 10 milhões de clientes. Em março do ano passado, o número era de 5 milhões. Segundo o banco, o crescimento foi incentivado pelas soluções digitais lançadas nos últimos anos, como plataforma de seguros, ampliação do marketplace e da área de investimentos.

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame