Exame Invest
Mercados

Inter compra fintech investida por Lemann e entra no mercado dos EUA

PUBLICADO EM: 27.8.21 | 9H41
ATUALIZAÇÃO: 27.8.21 | 9H43
USEND tem 150 mil clientes e oferece remessas, wallet, cartão de débito e pagamento de contas; negócio vai servir como base para operação do Inter no mercado americano
Entrada do prédio onde fica a sede do Banco Inter, em Belo Horizonte

Inter anuncia aquisição da fintech americana USEND | Foto: Inter/Divulgação

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O Inter (BIDI11) deu novo passo em sua estratégia de expansão: acaba de anunciar a compra da fintech americana USEND, especializada em remessas de dinheiro e que opera nos Estados Unidos, no Canadá e no Brasil, segundo fato relevante enviado ao mercado nesta manhã.

"Com a aquisição da USEND, o Inter planeja iniciar suas atividades financeiras nos Estados Unidos, ampliando a sua oferta de produtos financeiros e não-financeiros tanto para os residentes americanos quanto para seus clientes brasileiros", diz o Inter no fato relevante.

A USEND é uma empresa americana com mais de 150 mil clientes, 16 anos de atuação no mercado de câmbio e de serviços financeiros, como remessas de dinheiro entre países. Recebeu há dois anos um aporte de cerca de 20 milhões de reais de Jorge Paulo Lemann e do Pier 18, o fundo de venture capital de Marcelo Peano, da Volt Partners.

Foi fundada pelo brasileiro Fernando Faysano, que chegou aos Estados Unidos há cerca de 30 anos, como professor de jiu jitsu e depois como dono de uma empresa de importação e exportação. “Precisava movimentar dinheiro entre Estados Unidos e Brasil e era um processo muito difícil”, afirmou à EXAME há dois anos.

Nasceu como Pontual Money Transfer e possui licenças para atuação em mais de 40 estados americanos e pode oferecer aos residentes americanos serviços como wallet, cartão de débito e pagamento de contas, entre outros. Sua base de clientes tem acesso também à compra de gift cards e recarga de celulares.

A aquisição da USEND antecede a planejada estreia do Inter na Nasdaq. Na B3, as units do banco mais do que dobraram de valor neste ano (+104,51%). Na quinta, as units dispararam 4,56% com rumores sobre o IPO do Nubank, que podem levar a uma reavaliação para cima do negócio de bancos digitais.

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame