Exame Invest
Mercados

Inter pega carona no IPO do Nubank e ações disparam quase 20%

PUBLICADO EM: 1.11.21 | 17H31
Units e ações do Inter, que planeja listagem na Nasdaq, sobem em dia de divulgação do valuation e de detalhes da oferta do Nubank na Bolsa de Nova York
Entrada do prédio onde fica a sede do Banco Inter, em Belo Horizonte

Entrada da sede do Banco Inter em Belo Horizonte | Foto: Inter/Divulgação

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

As units e as ações do Inter (BIDI11 e BIDI4) lideraram as altas da B3 nesta segunda-feira, 1º de novembro, com valorizações de 19,18% e 18,40%, respectivamente. Elas encerraram negociadas a 42,31 e 14,48 reais.

A forte valorização se deu após a divulgação das informações do IPO do Nubank na Bolsa de Nova York, com negociação prevista de BDRs (recibos de ações listadas no exterior) na B3. O banco digital pretende buscar um valuation acima de 50 bilhões de dólares com a operação prevista para ser concluída no começo de dezembro.

"Após o Nubank divulgar o prospecto preliminar de seu IPO, a ser realizado simultaneamente na Nyse e na B3, através de BDRs, as ações do Banco Inter dispararam. O Inter também está preparando seu IPO na Nasdaq", destacaram analistas da Ativa Investimentos.

A avaliação de analistas e investidores é que o valuation considerado elevado reforça o modelo de negócios de bancos digitais, que buscam alavancar receitas com plataformas online, ao mesmo tempo em que possuem uma estrutura de custos mais enxuta e uma operação mais eficiente do que bancos tradicionais, com redes de agências.

Caso os números sejam confirmados, o Nubank estrearia como empresa de capital aberto com valor de mercado acima de 282 bilhões de reais, ao câmbio da última sexta-feira, dia 29.

Será o maior banco do país por esse critério, superando o Itaú Unibanco (ITUB4), que encerrou a sexta com 217,2 bilhões de reais em valor na B3. As suas ações subiram 4,97% nesta segunda, véspera de feriado.

O Bradesco (BBDC4), segundo maior banco do país, tinha valor de mercado de 179,3 bilhões de reais na sexta. As ações tiveram valorização de 3,47% nesta segunda.

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame