IPO da incorporadora Yuny é interrompido | Exame Invest
MERCADOS

IPO da incorporadora Yuny é interrompido

PUBLICADO EM: 5.3.21 | 18H14
ATUALIZAÇÃO: 5.3.21 | 20H37
Companhia havia pedido registro em agosto, em meio a uma onda do setor imobiliário rumo ao mercado de capitais brasileiro em busca de recursos para projetos de expansão

Reuters

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

A incorporadora Yuny, especializada em projetos residenciais e comerciais de alto padrão em São Paulo, teve sua oferta inicial de ações (IPO) interrrompida, segundo informações publicadas nesta sexta-feira na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O pedido de registro de companhia aberta da Yuni, conforme exibição no sistema da CVM nesta sexta-feira, entrou na seção de processos indeferidos, o que na prática inviabiliza a oferta de ações. Não ficou claro de imediato se o encerramento do processo deveu-se à desistência da própria empresa.

A Yuni havia pedido registro para IPO em agosto, em meio a uma onda do setor imobiliário rumo ao mercado de capitais brasileiro em busca de recursos para projetos de expansão.

Mas a volatilidade recente do mercado acionário interrompeu os planos de várias delas. Só do ramo imobiliário em 2021, a fila de desistências para estreia na Bovespa inclui Nortis Incorporadora, Emccamp Residencial, Canopus Holding, Almeida Junior Shopping Centers e a empresa de loteamento Urba.

A Yuni pretendia usar os recursos da oferta para comprar terrenos, reforçar o capital de giro e investir nas vendas por meio de canais digitais.


Recomendado para você


Leia também

Reuters

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais