Exame Invest
Mercados

IPO do agro: oferta da Agrogalaxy pode movimentar R$1,4 bilhão

PUBLICADO EM: 19.2.21 | 17H21
Varejista de insumos agrícolas pretende reforçar caixa e investir em expansão
Colheita; Cana de Açucar; Alcool; Mecanizada; Moema; Usina

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

(Reuters) - A oferta inicial de ações (IPO) da varejista de insumos agrícolas Agrogalaxy pode movimentar cerca de 1,4 bilhão de reais, segundo cálculos da Reuters com base em informações do documento publicado pela companhia nesta sexta-feira, 19.

É hora de investirinvestir em ações de agro? Descubra e monte a melhor carteira de ações com o BTG Pactual Digital

O valor considera o valor de 17,50 reais por ação, ponto médio da faixa de preço fixada pelos coordenadores da oferta, de 15 a 20 reais por papel, com a venda integral do lote base, de 81,48 milhões de ações.

Metade desse montante corresponde à venda de ações novas, recursos que vão para o caixa da empresa, que pretende usá-los para reforçar o capital de giro e a estrutura de capital da empresa, investir em expansão orgânica e via aquisições, e modernizar as unidades de produção.

O restante é da venda de participação detida por atuais sócios da empresa, incluindo grupo de acionistas pessoa física e fundos geridos pelas gestoras de recursos Aqua Capital, Paraty Capital e Spectra Invest.

A precificação da venda está prevista para acontecer em 10 de março, com a estreia das ações no pregão em 12 de março, negociadas sob o ticker AGXY3.

Com sede em São Paulo, a Agrogalaxy surgiu em 2016 com a compra de varejistas regionais de insumos para pequenos e médios produtores agrícolas, com plano de gradualmente integrar aquisições e obter ganhos de escala. A última aquisição foi a da sul-matogrossense Boa Vista, por valor não revelado. Ela também tem unidades em Goiás, Pará, Paraná, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo e Tocantins.

 

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame