Exame Invest
Mercados

Jay-Z e Will Smith se juntam à Sequoia em investimento de R$ 850 mi

PUBLICADO EM: 27.7.21 | 12H25
ATUALIZAÇÃO: 27.7.21 | 12H26
Empresa é especialista em melhorar nota de crédito para viabilizar financiamento imobiliário

Jay-Z e Will Smith, em Nova York | Foto: Kevin Mazur/WireImage via Getty Images (WireImage)

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Uma startup que ajuda locatários a melhorar o crédito até que eles possam comprar uma casa está levantando US$ 165 milhões (equivalente a R$ 850 milhões) de um grupo de investidores que inclui Sequoia Capital, Roc Nation de Jay-Z e Dreamers VC de Will Smith.

A Landis Technologies, fundada por Cyril Berdugo e Tom Petit, atende pessoas que desejam ser proprietários, mas não têm dinheiro para comprar um imóvel. A empresa compra uma casa e aluga ao cliente até que ele possa se qualificar para uma hipoteca. O cliente pode comprá-la de volta a um preço predeterminado até dois anos após a aquisição inicial.

O modelo é uma nova abordagem de uma estratégia rent-to-own que tem sido empregada por outras empresas, incluindo Home Partners of America, comprada recentemente pelo Blackstone Group por US$ 6 bilhões. Como parte de seu serviço, a Landis oferece treinamento para clientes sobre como gerenciar suas finanças para melhorar seu crédito e economizar a quantia necessária para um pagamento inicial.

“A inclusão financeira é muito importante para nós”, disse Berdugo. “Um aspecto de Landis do qual temos muito orgulho de fazer parte é a criação de riqueza para americanos de baixa renda.”

Baseada em Nova York, a Landis opera em 11 estados, incluindo Alabama, Kentucky e Carolina do Sul, e está levantando dinheiro em um momento em que a alta dos preços das casas está afastando de muitos americanos a possibilidade de compra. O cliente típico da empresa é o comprador de uma casa pela primeira vez com orçamento entre US$ 110.000 e US$ 400.000.

Os US$ 165 milhões, que incluem dívida e patrimônio, são suficientes para adquirir cerca de 1.000 casas nessa faixa. A Landis pretende converter cerca de 80% de seus clientes de locatários em compradores, uma taxa que ultrapassaria em muito as tradicionais empresas de locação própria nos Estados Unidos.

A Landis fixa aluguéis equivalentes aos custos de manutenção da casa. Ela também cobra uma taxa sobre o valor da propriedade no momento de sua compra inicial. Se um cliente não estiver pronto para comprar a casa depois de dois anos, a Landis pode oferecer-lhe mais tempo ou vender o imóvel.

“Ganhamos dinheiro quando nosso cliente compra a casa de volta”, disse Berdugo.

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame