Exame Invest
Mercados

Mercado Livre e Kaszek lançam SPAC para captar U$ 250 milhões em IPO

PUBLICADO EM: 13.9.21 | 14H59
ATUALIZAÇÃO: 14.9.21 | 10H50
Objetivo é investir em uma empresa do ecossistema digital da América Latina

Mercado Livre e Kaszek querem investir em um negócio digital da América Latina | Foto: Divulgação (Vinicius Stasolla)

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

O Mercado Livre e o fundo de venture capital Kaszek anunciaram nesta segunda-feira, 13, a criação de uma SPAC para investir em negócios digitais na América Latina. Bastante comuns no mercado americano, as SPACs são companhias de “cheque em branco”, jargão do mercado para companhias não operacionais que são listadas em bolsa com propósito específico de adquirir empresas. É um modelo que tem crescido rapidamente em Wall Street.

A SPAC, batizada de "Meli Kaszek Pioneer", já tem um pedido de registro na Securities and Exchange Comission (SEC), reguladora do mercado americano, para uma oferta inicial de ações (IPO) de 25 milhões de ações ordinárias Classe A a 10 dólares cada.

Em comunicado, as sócias afirmaram que a nova companhia será listada na Nasdaq sob o ticker "MEKA". BofA Securities, Goldman Sachs, Allen & Company e JPMorgan devem coordenar a oferta.

"A companhia pretende levantar capital através do IPO para a aquisição de uma empresa-alvo do ecossistema digital da América Latina", afirmaram Mercado Livre e Kaszek no comunicado.

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame