Exame Invest
Mercados

Ofertas de ações de brasileiras devem aumentar 20%, diz Morgan Stanley

PUBLICADO EM: 25.6.21 | 11H58
ATUALIZAÇÃO: 25.6.21 | 12H20
As ofertas de ações de empresas brasileiras somaram R$ 158,8 bilhões no ano passado, de acordo com dados compilados pela Bloomberg
Mobly-IPO-socios-fundadores-B3-credito-caue-diniz

IPO da Mobly no início de 2021: ofertas como essa devem continuar a crescer, segundo o Morgan Stanley | Foto: Caue Diniz/B3

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

O Morgan Stanley espera que as ofertas de ações de empresas brasileiras aumentem 20% este ano, com os investidores clamando por alternativas de maior rendimento aos títulos de renda fixa.

“Mesmo com o segundo trimestre um pouco mais fraco que o primeiro, ainda acredito que teremos um aumento no volume e na quantidade de negócios este ano, o que é muito impressionante, dado que 2020 já foi um recorde,” disse Eduardo Mendez, co-head de ações para América Latina do Morgan Stanley, em entrevista.

Aprenda a analisar o mercado como um profissional: conheça a Jornada do Investidor Independente 

As ofertas de ações de empresas brasileiras somaram R$ 158,8 bilhões no ano passado, de acordo com dados compilados pela Bloomberg. O volume cresceu 70% neste ano frente ao mesmo período de 2020, chegando a R$ 72 bilhões.

Os mercados de capitais em expansão, inclusive para produtos de renda fixa, estão alimentando consolidações e impulsionando fusões e aquisições, disse Alessandro Zema, country head do Morgan Stanley no Brasil.

“O que estamos vendo nos últimos meses é mais consolidação local do que negócios cross-border”, disse Zema, que também é responsável pelo banco de investimento do Morgan Stanley no Brasil.

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame