PCAR3: uma das maiores assimetrias da Bolsa, com gatilho de curto prazo, aponta Credit | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

PCAR3: uma das maiores assimetrias da Bolsa, com gatilho de curto prazo, aponta Credit

PUBLICADO EM: 24.2.21 | 14H52
ATUALIZAÇÃO: 24.2.21 | 18H51
Segundo analistas do banco, mercado ainda não precifica cisão do negócio de atacarejo Assaí; ações da Sendas, que controla o Assaí, começam a ser negociadas na B3 na próxima segunda-feira
Loja do Pão de Açucar Minuto; Supermercado; compras; Aplicativo; celular

Foto de Paula Barra da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Especializada na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub | paula.barra@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O grupo Pão de Açúcar (PCAR3), que reportou seu resultado trimestral ontem à noite, tem aparecido em conversas com investidores como uma das maiores assimestrias da Bolsa, apontaram os analistas do Credit Suisse em relatório desta quarta-feira, 24.

Segundo eles, a percepção é que o negócio de atacarejo do Assaí, que está nos últimos preparativos para deixar de ser um braço da companhia e se tornar uma rede independente, ainda não está precificado pelo mercado.

Aprenda a operar opções e conheça as melhores estratégias para proteger seus investimentos e lucrar com a volatilidade da Bolsa; veja como aqui

"Vemos um gatilho claro de curto prazo relacionado com a listagem do Assaí na Bolsa, que por si só pode valer praticamente todo o valor de mercado atual do Pão de Açúcar", comentaram os analistas. O valor de mercado do Pão de Açúcar está próximo de 24 bilhões de reais.

Além disso, eles ressaltam como ponto positivo a defensividade do portfólio do Pão de Açúcar (inserido no setor de varejo alimentar), especialmente em um momento de maior incerteza relacionada ao consumo no ano de 2021, o que também apoia a visão construtiva para a empresa.

Adicionalmente, os resultados do quatro trimestre do grupo -- o primeiro com dados do Assaí separados do Pão de Açúcar ---, que foram reportados ontem, vieram positivos, comentaram, acrescentando que "os números de GPA e Éxito parecem bastante animadores se ajustarem pelos não-recorrentes, que adicionaram cerca de 941 milhões de reais ao lucro líquido do trimestre". A receita líquida e Ebitda do grupo vieram acima das expectativas do banco em 5% e 9,4%, respectivamente.

No quarto trimestre, o GPA teve um lucro de 1,59 bilhão de reais, acima do registrado um ano antes, quando o lucro foi de 94 milhões de reais. Já a receita líquida teve alta de 58,4% no período, atingindo 14,7 bilhões de reais. O Ebitda ajustado somou 2,1 bilhões de reais nos últimos três meses do ano, avanço de 210% na mesma base de comparação.

Ações da Sendas (Assaí) começam a ser negociadas na B3 no dia 1/3

Na semana passada, o Pão de Açúcar informou que foi aprovado o pedido de listagem das ações da Sendas na B3 e na Bolsa de Nova York.

Na operação, a Sendas, subsidiária que controla o Assaí, segregou sua participação na Almacenes Éxito, uma rede de supermercado da Colômbia, e a repassou para o controle do GPA. Na sequência, a Sendas foi separada do restante do GPA.

Com a operação, cada detentor de ações ordinárias do Pão de Açúcar receberá uma ação ordinária de Sendas para cada ação do Pão de Açúcar detida no final do pregão da próxima sexta-feira, 26.

A partir de 1º de março, as ações da Sendas passam a ser negociadas na B3, sob o ticker ASAI3. Nesta mesma data, os papéis ordinários do Pão de Açúcar passam a ser negociados "ex-distribuição".


Recomendado para você


Leia também

Foto de Paula Barra da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Especializada na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub | paula.barra@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame