Exame Invest
ESG

Pesquisa irá mapear diversidade e acesso ao mercado de trabalho

PUBLICADO EM: 10.5.21 | 14H49
ATUALIZAÇÃO: 10.5.21 | 17H20
Pesquisa da Somos Diversidade, em parceira com a Organização Internacional do Trabalho e o Ministério Público do Trabalho, com apoio institucional da Exame, quer entender com as empresas os entraves da contratação diversa
diversidade-inclusao

(Getty Images/iStockphoto)

Imagem da Editoria Exame Invest
Marina Filippe

Jornalista



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Apesar do crescimento da pauta da diversidade nas empresas com atuação no Brasil, ainda há muitos relatos e indicadores que apontam para as barreiras de entrada no mercado de trabalho formal para os grupos socialmente minorizados. A partir disto, será lançada a pesquisa Diversidade Aprendiz: Aprendizados para um futuro inclusivo, realizada em parceria entre a Somos Diversidade, a Organização Internacional do Trabalho e o Ministério Público do Trabalho, com apoio institucional da Exame. O lançamento acontecerá em um webinar nesta terça-feira,11, às 19h.

As melhores oportunidades podem estar nas empresas que fazem a diferença no mundo. Veja como com a EXAME Invest Pro 

O questionário aborda possíveis entraves para o acolhimento e a promoção das diferenças nas empresas ao buscar ter um quadro de funcionários mais diverso. A população-alvo prevista para a formulação dessas soluções inclui migrantes e refugiados, população negra, LGBTQIA+ (com ênfase em pessoas transexuais e transgêneros), pessoas com deficiência, acima de 50 anos de idade, egressos e egressas do sistema penitenciário ou em liberdade assistida, pessoas de baixa renda e moradores de periferia.

"A partir da compreensão dessas demandas e necessidade de competências que as empresas encontram, será possível entender como preparar os candidatos por meio de capacitações e outros programas com o objetivo de inseri-los no mercado", diz Maite Schneider, coordenadora da Somos Diversidade e embaixadora da Rede Mulher Empreendedora.

A iniciativa espera coletar ao menos 500 respostas de líderes a partir do formulário online que leva até 15 minutos para ser preenchido. O questionário está dividido em três blocos temáticos: fatores que ajudam ou atrapalham nas contratações, a preocupação com diversidade dentro dessas empresas e o perfil da corporação. Posteriormente, 10% dos participantes serão selecionados para a segunda etapa da pesquisa, com uma entrevista.

“São informações que respondem perguntas para as quais não há respostas no banco de dados de um órgão público”, diz Ana Maura Tomesani, cientista social responsável pela elaboração do questionário e fundadora da empresa de pesquisa Práxis Informação e Estratégia.

Pesquisas já comprovam como o ambiente de trabalho mais diverso gera melhores resultados, incluindo financeiros. Deste modo, a pesquisa deve promover também mais criatividade e outras características essenciais ao negócio. "Criatividade é a base do negócio, e um ambiente diverso é mais criativo”, diz Pedro Thompson, presidente da EXAME.

Como a vida pós-vacina vai mudar a sua vida profissional? Assine a EXAME e entenda.

 

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Marina Filippe

Jornalista


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame