Exame Invest
Mercados

Petróleo tem maior alta em 15 meses com perspectiva de aumento na demanda

PUBLICADO EM: 1.6.21 | 18H11
Avanço ocorre diante da retomada econômica global, que pode aumentar a procura pela commodity; reunião da Opep+ também impacta o mercado
Plataforma P-52; Campo de Roncador,; Bacia de Campos; Petrobras; Petróleo

Plataforma de petróleo da Petrobras na Bacia de Campos | Foto: Germano Lüders/EXAME (GERMANO LÜDERS)

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

(Reuters) - Os preços do petróleo fecharam em alta nesta terça-feira, 1, com o Brent superando a marca de 71 dólares e negociando na sua máxima desde março. A commodity respondeu às expectativas para um aumento na demanda de combustível durante a temporada de verão nos Estados Unidos.

Os futuros do petróleo Brent para agosto fecharam em alta de 1,3%, a 70,25 dólares o barril, após atingir 71 dólares anteriormente na sessão – o seu preço máximo intradia desde 8 de março. Já o contrato futuro do petróleo WTI para julho fechou em alta de 2,1%, em 67,72 dólares.

Os estoques de petróleo dos EUA devem ter tido recuo de 2,1 milhões de barris na semana passada, de acordo com uma pesquisa prévia da Reuters.

A Organização de Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, grupo conhecido como Opep+, também decidiu continuar com a redução nos cortes de oferta de petróleo. A decisão foi tomada na reunião do grupo desta terça-feira, segundo uma fonte da Opep. Isso significa que os produtores pretendem equilibrar a expectativa de recuperação da demanda da commodity frente a possibilidade de aumento no bombeamento do Irã.

*Com redação

Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mercado. Assine a EXAME

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame