MERCADOS

PetroRio sobe até 6% após comprar nova fatia de Wahoo; no ano, ação salta 38%

PUBLICADO EM: 5.3.21 | 12H51
ATUALIZAÇÃO: 5.3.21 | 12H57
Companhia informou que fechou contrato para comprar fatia de 28,6% da Total no campo de Wahoo; somando com a participação aquirida da BP, em novembro, passará a deter 64,3% da concessão

Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Tem experiência de dez anos na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub.



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

As ações da PetroRio (PRIO3) saltam 4,39%, cotadas em 97,07 reais, nesta sexta-feira, 5, aparecendo como a terceira maior alta do Ibovespa no momento, após a companhia informar, ontem à noite, que assinou contrato com a Total E&P do Brasil para comprar fatia de 28,6% no bloco BMC-30, no campo de Wahoo. Na máxima do dia, os papéis chegaram a subir 6,07%, indo para 98,66 reais.

Quer as ações com maior potencial de pagamentos de dividendos da Bolsa? Confira aqui como acessar a carteira de dividendos da EXAME Invest Pro

A aquisição soma-se à participação de 35,7% que a PetroRio comprou da BP no campo em novembro do ano passado (na ocasião, os papéis da companhia dispararam 30% no pregão após o anúncio). Quando as duas transações forem concluídas, a companhia passará a deter 64,3% da concessão.

Segundo o analista Vicente Falanga, do Bradesco BBI, esse é mais um passo positivo da companhia e um dos principais gatilhos para os papéis nos próximos meses. "Com base nos cálculos, se a PetroRio for capaz de entregar com sucesso seu plano de desenvolvimento para o campo (com uma produção de mais de 40 mil barris por dia até 2025), essa aquisição poderia adicionar cerca de 9 reais por ação no nosso preço-alvo", comentou, em relatório desta sexta-feira.

Falanga disse ainda que acredita também que a companhia provavelmente tentará comprar os 35,7% restantes detidos pela indiana IBV. E, caso isso ocorra, ele aponta que poderia adicionar outros 11 reais por ação ao seu preço-alvo.

"A notícia é positiva e definitivamente deve contribuir para a nossa indicação de trade 'long' (comprado) em PetroRio e 'short' (vendido) em Petrobras". No dia 25 de fevereiro, eles recomendaram uma operação long&short com as ações da PetroRio e Petrobras, vendo potencial de ganhos de 10% a 15% em três a seis meses.

No acumulado do ano, enquanto as ações da PetroRio sobem 38,42%, os papéis da Petrobras recuam 20,08%.

Ainda sobre a aquisição da fatia recente, Falanga comentou que "Wahoo já possui 4 poços perfurados e 3 descobertas com testes de fluxo. Portanto, o ativo está razoavelmente bem sem risco. Por outro lado, será a primeira vez que a PetroRio desenvolve um ativo do pré-sal e desafios surgirão, a nosso ver", acrescentou. Por isso, eles disse que ainda mantém uma recomendação neutra para as ações e que buscará mais informações sobre as próximas etapas em Wahoo.


Recomendado para você


Leia também

Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Tem experiência de dez anos na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub.


Compartilhe nas redes sociais