Onde Investir

Poupança tem perda real de 6% em 12 meses

PUBLICADO EM: 9.6.21 | 15H31
ATUALIZAÇÃO: 9.6.21 | 15H44
Quem investe na poupança vem registrando perdas de poder aquisitivo acumuladas desde o mês de setembro de 2020
delacao premiada_JBS_dinheiro_investimentos

Desde outubro de 1991 o país não registra queda de poder aquisitivo neste nível (Getty Images/iStockphoto)

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Quem investe na poupança está perdendo poder de compra. Isso porque a rentabilidade da poupança descontada a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 12 meses no mês de maio de 2021 é de -6,0%.

O poupador vem registrando perdas de poder aquisitivo acumuladas desde o mês de setembro de 2020. Portanto, a perda de poder aquisitivo em maio é a nona consecutiva. Os dados foram divulgados pela Economatica nesta quarta-feira, 9.

Descubra como escolher as MELHORES ações listadas na bolsa e aumentar suas chances de lucro. Evento 100% online e gratuito.

Desde outubro de 1991, o país não registra queda de poder aquisitivo neste nível. Naquela época o poupador perdeu 9,72% em 12 meses. 

Rentabilidade da poupança x inflação

(Economatica/divulgação/Divulgação)

Outros investimentos

O levantamento apontou ainda o desempenho de outras aplicações durante o ano. Até maio, somente o Ibovespa teve valorização acima da inflação medida pelo IPCA, de 2,74%. As demais aplicações analisadas (ouro, IHFA, IMA, CDI, Ifix, euro e dólar) apresentaram ganhos abaixo da inflação.

Segundo os dados, índice de fundos imobiliários registra a maior queda, de 4,93% seguido pelo IMA-B Total com queda de 4,22% e ouro com -3,12%.

Em 12 meses, o Ibovespa tem o melhor desempenho com ganho de poder aquisitivo de 33,64% acima do IPCA seguido pelo IHFA (Índice de fundos multimercado) com 2,99%. O dólar tem a maior perda com -10,77% e a poupança tem o segundo pior desempenho com queda de -6,0%.

No mês de maio de 2021 o Ibovespa tem o melhor desempenho com valorização acima do IPCA de 5,28% seguido pelo ouro com 2,59%. O dólar tem o pior desempenho com queda de -3,97% seguido pelo euro e IFIX com queda de -2,37%.

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame