Exame Invest
Minhas Finanças

Preço da gasolina na região Sudeste sobe 26,59% no semestre

PUBLICADO EM: 8.7.21 | 17H04
O etanol, por sua vez, avançou 35,53% no primeiro semestre deste ano, aponta levantamento da Ticket Log
Posto Shell em São Paulo

São Paulo foi o estado com os preços mais baixos para os combustíveis

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Os postos da região Sudeste registraram a gasolina mais cara do Brasil em junho. Com alta de 1,10% em relação a maio, e de 26,59% se comparado com dezembro de 2020, o litro do combustível foi comercializado à média de R$ 5,966, neste último mês. O etanol, por sua vez, avançou 35,53% no primeiro semestre, e foi encontrado a R$ 4,879. Os dados fazem parte do Índice de Preços Ticket Log, que analisa os preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados à Ticket Log.  

“O diesel no Sudeste foi encontrado em junho a R$ 4,574, enquanto o diesel S-10 esteve nos postos à média de R$ 4,638. Na comparação com dezembro do ano passado, o diesel comum apresentou aumento de 23,22%, e o tipo S-10, de 22,31%”, afirma Douglas Pina, diretor de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

São Paulo foi o estado com os preços mais baixos para os combustíveis. A gasolina nos postos foi comercializada a R$ 5,494; o etanol, a R$ 4,222; o diesel comum, a R$ 4,497; e o diesel S-10, a R$ 4,543.

O etanol e a gasolina mais caros foram encontrados no Rio de Janeiro, a R$ 5,427 e R$ 6,309, respectivamente. Em Minas Gerais, o diesel e o diesel S-10 foram comercializados pelos valores mais altos: o tipo comum à média de R$ 4,679 o litro, e o tipo S-10, a R$ 4,729.

No Espírito Santo foi encontrado o gás natural veicular (GNV) mais caro da região, a R$ 4,094. Na média do Sudeste, o combustível foi comercializado pelo valor médio de R$ 3,877, o metro cúbico.

O estudo também analisou o comportamento dos preços nas rodovias e na Presidente Dutra, os combustíveis em São Paulo foram comercializados por valores médios por litro abaixo dos encontrados no Rio de Janeiro. 

Índice de Preços Ticket Log

(Ticket Log/divulgação/Divulgação)

Nos postos paulistas, o diesel foi encontrado pelo preço médio de R$ 4,444; o diesel S-10, a R$ 4,493; e a gasolina, a R$ 5,434. No Rio de Janeiro, o diesel comum foi encontrado a R$ 4,538 em média; o tipo S-10, a R$ 4,576; e a gasolina, a R$ 6,380.

Na Fernão Dias, São Paulo também apresenta valores menores que em Minas Gerais. O diesel foi comercializado nos postos paulistas a R$ 4,389, e nos mineiros, a R$ 4,580. O diesel S-10 em São Paulo foi encontrado a R$ 4,432, e em Minas Gerais, a R$ 4,646. Por fim, a gasolina apresentou preços médios de R$ 5,465 (SP) e R$ 6,074 (MG). 

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame