Exame Invest
Mercados

Prévias das construtoras, aquisição da Hapvida e o que mais move o mercado

PUBLICADO EM: 14.10.21 | 7H06
ATUALIZAÇÃO: 14.10.21 | 7H17
Bolsas internacionais avançam na esteira de otimismo com agenda de balanços nos EUA
Cyrela Realt

Canteiro de obras da Cyrela, em Salvador | Foto: Fernando Vivas/Exame

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

As principais bolsas de valores operam em alta na manhã desta quinta-feira, 14, com o predomínio do apetite por risco no mercado internacional em meio ao otimismo com a temporada de balanços dos Estados Unidos. Com investidores reduzindo posições defensivas, o dólar perde força contra moedas emergentes e desenvolvidas, sinalizando um dia de recuperação para o real. 

Entre os resultados mais aguardados do dia estão os de grandes financeiras globais, como Citigroup, Bank of America, Morgan Stanley e Wells Fargo. Na véspera, JP Morgan e BlackRock superaram positivamente as expectativas de mercado, pavimentando o bom humor para os balanços de hoje. No fim do dia, será a vez da concorrente da Vale (VALE3) Rio Tinto apresentar seus números do terceiro trimestre. 

Mas antes, investidores devem repercutir o índice de preço ao produtor americano (PPI,na sigla em inglês), previsto para às 9h30. A expectativa é de que o PPI de setembro fique em 0,6%, subindo de 8,3% para 8,7% no acumulado de 12 meses. 

Na quarta-feira, 13, a inflação ao consumidor americano saiu acima do esperado, mas teve pouco efeito sobre os preços, assim como a ata do Federal Reserve, que indicou início do tapering entre novembro e dezembro deste ano. 

Ainda hoje serão divulgados os pedidos semanais de seguro desemprego, para os quais são esperados 319.000 ante os 326.000 registrados na semana anterior.

No Brasil, onde a temporada de balanços terá início apenas no fim do mês, investidores já avaliam as prévias operacionais do terceiro trimestre.

Sinal amarelo na construção

Uma das principais incorporadoras do país, a Cyrela (CYRE3) apresentou 1,366 bilhão de reais em vendas no terceiro trimestre, 20,2% abaixo do registrado no mesmo período do ano passado e 12,5% menor do que o registrado no trimestre anterior. Em lançamentos, porém, a companhia entregou 2,2 bilhões em VGV, 33,2% maior na comparação anual e 14% na trimestral. 

Outra gigante do setor, a Even (EVEN3) também apresentou números menores do que em trimestre anteriores na frente de vendas, com as vendas líquidas atingindo 277 milhões de reais contra 480 milhões de reais no mesmo período do ano passado. Já os lançamentos cresceram de 649 milhões em VGV para 767 milhões de reais. 

Com maior oferta e menor demanda, construtoras podem sofrer com aperto de margem em um momento de pressão sobre os custos, devido à alta da inflação sobre materiais de construção. 

Hapvida em Brasília

A Hapvida anunciou a aquisição da Viventi Hospital Asa Sul, em área nobre de Brasília, por meio de sua subsidiária Ultra Som Serviços Médicos. O valor da compra foi de 22 milhões de reais. O hospital, segundo a Hapvida, terá capacidade para até 114 leitos e contará com centro cirúrgico, serviço de quimioterapia e hemodinâmica, e unidade de diagnóstico.

A Hapvida também acertou um contrato para a compra do imóvel onde fica localizado o hospital. A propriedade, de 6.600 m² será adquirida por 200 milhões de reais. 

Prévia ninja

Em prévia operacional, a GetNinjas (NINJ3) apresentou crescimento de 142% de sua base de profissionais cadastrados para 463.000. Já o número de profissionais ativos na plataforma aumentou 89% para 205.000. Na parte da demanda, houve crescimento de 17% do número de pedidos solicitados para 1,36 milhão, tendo maior concentração nas categorias de reparo e reformas, serviços domésticos e assistência técnica.

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame