MERCADOS

Sabesp salta 4% em meio a rumor sobre Castello Branco como possível CEO

PUBLICADO EM: 15.3.21 | 12H38
ATUALIZAÇÃO: 15.3.21 | 12H39
Segundo a rede CNN Brasil, o governador de São Paulo, João Doria, pretende convidar o executivo, que fica na Petrobras até o fim deste mês, como CEO da companhia de saneamento básico
Roberto Castello Branco, petrobras, ESG, interferência, governança

(Fabio Rodrigues Pozzebom/Agênci)

Foto de Paula Barra da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Especializada na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub | paula.barra@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

As ações da companhia de saneamento básico Sabesp (SBSP3) sobem 4,27% nesta segunda-feira, 15, aparecendo como a terceira maior alta do Ibovespa. Além de acompanharem o dia positivo para o setor de utilidade pública, os papéis reagem também à notícia de que o governador de São Paulo, João Doria, pretende convidar Roberto Castello Branco, que está de saída do comando da Petrobras, para ser o novo CEO da empresa, segundo informações da CNN Brasil, divulgadas na noite da última sexta-feira.

"Embora seja um dia positivo para o setor como um todo, essa notícia acabou trazendo um bom humor adicional aos papéis da Sabesp", disse o analista Henrique Esteter, da Guide Investimentos.

Quer saber qual o setor mais quente da bolsa no meio deste vaivém? Assine a EXAME Invest Pro

Nesta sessão, o Índice Utilidade Pública (UTIL), da B3, composto por ações do setor de energia elétrica e saneamento básico, sobe 2,35%, contra uma alta de 0,5% do Ibovespa.

O estrategista Gustavo Cruz, da RB Investimentos, comenta que o mercado pode estar reagindo ao rumor, mas pondera que o atual presidente da Sabesp [Benedito Braga, que foi indicado para o cargo em janeiro de 2019] é "muito bem visto pelo mercado". "Não acho que essa troca teria como consequência grandes mudanças na empresa", disse.

Castello Branco fica na Petrobras até o fim do seu mandato, no dia 20 de março, e deverá ser substituído depois da próxima assembleia geral de acionistas da companhia, marcada para o o dia 20 de abril, pelo general Joaquim de Silva e Luna.

Procurada pela CNN, a assessoria de Doria disse, no entanto, que o governador está satisfeito com o atual presidente, considerado o maior especialista em águas do Brasil.

Foto de Paula Barra da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Especializada na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub | paula.barra@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame